Chapecoense vence o Cuiabá e consegue classificação heroica na Copa Sul-Americana - Esportes - Santa

Salve, Rangel!31/08/2016 | 23h38Atualizada em 01/09/2016 | 00h31

Chapecoense vence o Cuiabá e consegue classificação heroica na Copa Sul-Americana

Verdão sai perdendo mas faz três no segundo tempo, dois de Bruno Rangel

Chapecoense vence o Cuiabá e consegue classificação heroica na Copa Sul-Americana Sirli Freitas/Especial
Foto: Sirli Freitas / Especial
darci debona

Bruno Rangel mais uma vez salvou a Chapecoense ao marcar dois dos três gols do Verdão na vitória de virada, por 3 a 1, diante do Cuiabá, que garantiu classificação para a próxima fase da Copa Sul-Americana. Mas o jogo, mesmo sendo na Arena Condá, foi muito difícil. A Chapecoense começou a partida em desvantagem pela derrota por 1 a 0 no jogo de ida, em Cuiabá.

Todas as notícias da Chapecoense

Para piorar, aconteceu o que o time da casa mais temia. Aos 23 minutos Dakson cobrou falta e Douglas Mendes fez o gol do Cuiabá de cabeça. Com o gol marcado fora de casa a Chapecoense teria que marcar três gols.

Masno primeiro tempo o time catarinense não apresentou poder de criação suficiente para isso. O mais próximo de gol foi uma cabeçada de Arthur Maia, para fora. Maia entrou no lugar de Hyoran, que saiu lesionado.

No segundo tempo novamente foi o Cuiabá que iniciou levando perigo. Tiago Amaral chutou forte de fora da área, quase no ângulo e Danilo espalmou.

O setor de criação da Chapecoense não funcionava. E a torcida começou a perder a paciência, vaiando algumas jogadas.

Só que aos 21 minutos a partida começou a mudar. Arthur Maia cobrou falta que bateu no travessão, no chão e, no rebote, Lucas Gomes mandou para a rede.

Quatro minutos depois Aíton Canela chuta a bola que bate nas duas traves e, na volta, Bruno Rangel manda para a rede: 2 a 1.

E o predestinado Bruno Rangel, maior artilheiro da história da Chapecoense, marcou mais uma vez. Dener cruzou para a área e o atacante fez seu segundo gol na partida e 21º na temporada, garantindo a classificação e a festa na Arena Condá.

Na próxima fase novamente a Chapecoense vai enfrentar um time argentino: Lanus ou Independiente.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE (3)
Danilo, Mateus Caramelo (Gil), Willian Thiego, Filipe Machado e Dener; Josimar, Sérgio Manoel (Aílton Canela) e Cleber Santana; Hyoran (Arthur Maia), Lucas Gomes e Bruno Rangel. 

Técnico: Caio Jr.

CUIABÁ (1)
André, Dedé, Douglas, Diogo e Julinho; Carlão, Leo Salino (Alex Willian), Dakson e Uederson (Paulinho Moccelin); Juba e Tiago Amaral. 

Técnico: Roberto Fonseca.

Gols: Douglas Mendes (CB), aos 23 minutos do primeiro tempo. Lucas Gomes (CH), aos 21, e Bruno Rangel (CH), aos 25 e aos 37 do segundo tempo.
Cartões amarelos: Douglas, Tiago Amaral (CB)

Arbitragem: Jesus Valenzuela, Luis Murillo e Tulio Moreno (trio da Venezuela)
Local: Arena Condá, em Chapecó.

Público: 3.725
Renda: R$ 38.750

 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteRoberto Alves: "Vitória na medida e para o Avaí pensar em algo a mais" https://t.co/3vWouw6HmR #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteCom gol marcado na vitória do Avaí, Marquinhos está perto de se tornar o maior artilheiro da Ressacada https://t.co/6L13iM1jwx #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros