Augusto Ittner: 43ª edição dos Jogos da Primavera começa nesta segunda-feira com quase 8 mil atletas - Esportes - Santa

Esporte05/09/2016 | 07h02

Augusto Ittner: 43ª edição dos Jogos da Primavera começa nesta segunda-feira com quase 8 mil atletas



O tempo chuvoso e carrancudo deste final de semana não foi nem perto do que se espera do período de sol, temperatura agradável, pássaros cantando e flores desabrochando que está por vir daqui a 18 dias. Mas em Blumenau, para os estudantes da rede pública e particular de ensino, a estação já começa hoje quando será dado o pontapé inicial dos Jogos Estudantis da Primavera, o maior evento esportivo entre escolas de uma só cidade de todo Brasil. Às 15h, no ginásio do Galegão, ocorrerá a cerimônia de abertura da 43ª edição dessa verdadeira olimpíada entre os colégios blumenauenses.

::: Leia mais colunas de Augusto Ittner

Os Jogos da Primavera são os primeiros passos para os que não têm tanto espaço mostrarem o seu desempenho. É como se fosse um grande peneirão do futebol, onde alguns se destacam em meio à multidão e podem trilhar um caminho vitorioso seja lá em qual modalidade for. São quase 8 mil atletas de 71 escolas envolvidos em 16 modalidades, englobando até mesmo bocha, judô, natação, tênis de mesa e atletismo paralímpicos, iniciativa da coordenadora do paradesporto escolar de Blumenau, Giselle Chirolli. Uma das novidades nesse ano é a prova de ginástica artística para crianças e adolescentes com síndrome de down e autismo, provando que há cada vez menos barreiras entre pessoas com deficiência e o esporte.

É difícil encontrar pessoas em Blumenau com ligação com o esporte que não tenham participado dos Jogos. As mais diversas modalidades ­- do futsal ao xadrez - abrem o leque para crianças e adolescentes com diferentes talentos, seja em esportes onde o desempenho físico é essencial, ou então onde a mente se sobressai. Grandes referências como Ana e Duda Amorim, Tiago Splitter, Ana Moser, Marcelo Greuel passaram por essas competições. Devidas as proporções, claro, até eu, pelo Vidal Ramos, treinado pelo professor Rubens Wippel, participei. Foi um momento para aprender a ter disciplina, respeito, ver o quão importante é a coletividade em alguns momentos e saber que a vida é feita de vitórias e derrotas. Talvez os jovens que durante essa semana estarão nas disputas nem sequer tenham noção disso - como eu não tinha - mas as suas escolhas daqui para frente, seja no esporte, ou não, mostrarão isso.

 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteRodrigo Faraco: a postura correta, mais uma vez, de Rafael Moura https://t.co/gkAhbaeoFe #LeiaNoSantahá 7 horas Retweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteJEC começa a série na luta por vitórias improváveis https://t.co/r971u2O7R4 #LeiaNoSantahá 8 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros