Avaí vira o líder do returno da "B" - Esportes - Santa

Boa fase15/09/2016 | 07h20Atualizada em 15/09/2016 | 07h19

Avaí vira o líder do returno da "B"

O Leão tem a melhor campanha do returno da Segundona, com 13 pontos

Avaí vira o líder do returno da "B" Cristiano Estrela/Agência RBS
Foto: Cristiano Estrela / Agência RBS

O Avaí conseguiu em cinco jogos mudar o rumo na Série B. O segundo turno começou do mesmo jeito que o primeiro, com derrota para o Bahia, porém depois o Leão escreveu uma história totalmente diferente, a começar com as vitórias fora de casa. Foram duas até agora, uma contra o Sampaio Corrêa e outra contra o CRB. Isso somando a bons resultados na Ressacada fizeram o time azurra voltar a sonhar com o acesso.

Leia outras notícias sobre o Avaí
Com promoção de ingressos, Avaí quer casa cheia contra o Bragantino

O Leão tem a melhor campanha do returno, com 13 pontos, desses sete conquistados longe de Florianópolis. Apesar de estar a dois pontos do G-4, o Avaí está na nona posição o que mostra o equilíbrio em busca de uma vaga no acesso.

Vasco e Atlético-GO, cada um com 45 pontos, estão praticamente garantidos na elite. Para eles não subirem precisam fazer campanha de rebaixado. Segundo o site Chance de Gol, o time carioca tem probabilidade de 98,2% de acesso e o Dragão 91,1%.

A porcentagem do Leão nesta luta pelo acesso ainda é modesta — 5,3% —, mas a sequência de jogos e favorável para o Avaí conseguir voltar à Série A.

Nas próximas quatro rodadas, o Leão fará três jogos em casa e contra adversários mais preocupados com o rebaixamento que o acesso.

Neste sábado, na Ressacada, o time enfrenta o Bragantino, às 16h. Depois o Avaí encara o Joinville em um duelo Estadual. Ai é a vez do Paysandu e Goiás, ambos em Florianópolis. Claro que o ideal seria vencer as quatro partidas, mas se somar pelo menos 10 pontos a equipe azurra pode entrar no G-4 e ver o acesso como uma realidade.

— É jogo a jogo. Fizemos boas partidas e criamos expectativa no torcedor e temos que saber conviver com isso — disse o técnico Claudinei Oliveira.

O treinador azurra é um dos responsáveis por essa mudança no Leão. Em seu comando, o time venceu três partidas e empatou uma. Agora, uma das missões dele é segurar a euforia dos atletas com o bom momento.

— A euforia pós-jogo, no vestiário, tem que ter, não vale a pena correr esse tempo e não comemorar. Agora chegando em Florianópolis é concentração e que a gente procure a blindagem dos elogios. Às vezes, a gente acha que está mais fácil do que está realmente. Que eles não se empolguem, não pode mudar o comportamento, a intensidade é que precisa ser mantida. 



 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteRodrigo Faraco: arbitragem indevida para Internacional x Figueirense https://t.co/7ffwbPn8fi #LeiaNoSantahá 3 horas Retweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteO segredo do retorno de Rafael Moura no Figueirense https://t.co/wdelOSy059 #LeiaNoSantahá 3 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros