Bicampeão da Superliga, oposto Bob chega para reforçar o vôlei de Blumenau - Esportes - Santa

Chegou!13/09/2016 | 07h41

Bicampeão da Superliga, oposto Bob chega para reforçar o vôlei de Blumenau

Com 2,08m de altura, o jogador fez ontem o primeiro treino com a equipe

Bicampeão da Superliga, oposto Bob chega para reforçar o vôlei de Blumenau Patrick Rodrigues/Agencia RBS
Aos 37 anos, Bob quer subir com Blumenau à elite do vôlei. Foto: Patrick Rodrigues / Agencia RBS
Duas conquistas de Superliga, em ambas eleito o melhor jogador da decisão, uma de Sul-Americano de clubes e passagem pela Seleção Brasileira. Informações não faltam para preencher o currículo de Robson Tadeu de Fazio, o Bob, mais nova contratação do vôlei de Blumenau (Apab/Barão/Cremer/FMD) para a disputa da Superliga B. Sonhando com o acesso, a diretoria se mobilizou nos bastidores e, após um mês de negociação, acertou a contratação de jogador, que é visto como um dos pilares na formação do elenco que pretende conquistar o Campeonato Catarinense, os Jogos Abertos de Santa Catarina e ficar entre os dois primeiros da segunda competição mais importante do vôlei no Brasil.

Aos 37 anos, Bob diz que está longe de perder o ritmo e, embora a idade pese, garante que ela traz mais benefícios do que problemas. O grandalhão de 2,08 metros de altura – que já está inclusive matriculado em uma universidade de Blumenau para cursar o ensino superior – quer garantir o acesso e fazer história na cidade.
 
— Sempre procuro me manter saudável, treinando, e com a experiência que a vida me deu, já consigo encontrar formas dentro de quadra para ultrapassar as barreiras que a idade impõe. O clube aqui tem uma estrutura diferenciada e esse projeto a médio-longo prazo, com pessoas sérias, me convenceu. Quero subir. Quero a cereja do bolo — destacou Bob durante a sua apresentação oficial, ontem.


 
O oposto será colega de diversos jogadores mais novos que integram o elenco blumenauense, como Leonardo Auzani, de 17 anos, que nem sequer engatinhava quando o recém-contratado começou a sua carreira no Suzano, em São Paulo. Outros jovens como Raul e Estevan, com 22 anos, revelados pelas categorias de base da cidade, também vão ter a oportunidade de estar ao lado de Bob.
 
Ele é uma referência. Ter alguém com a bagagem que ele tem como colega nos dá segurança e nos motiva ainda mais para buscar o acesso — disse o líbero Estevan, que disputou as duas últimas edições da Superliga B com a camisa de Blumenau.
 
— Saber que sou um espelho para os mais novos é algo que me dá ainda mais forças para continuar jogando ­— complementa Bob.
 
Diretoria planeja trabalho
 a longo prazo com Bob

 
Além de fazer seu nome na história do vôlei na cidade, Bob tem outra missão planejada para o futuro, segundo o diretor da Apan, Luís Fernando Pamplona de Novaes. A ideia não é somente ter um atleta com experiência de Superliga para integrar a equipe, mas também projetar um futuro treinador para as categorias de base.
 
— Já estamos pensando nele como um dos responsáveis pela base quando encerrar a carreira, mas isso é algo para daqui a três ou quatro anos. Até lá ele tem muita bola para jogar ainda — garante Novaes.
 
Além de Bob, Blumenau também já acertou a contratação de um central que disputa o Campeonato Paulista por São Bernardo do Campo. O nome segue a sete chaves para evitar a especulação de outras equipes. A diretoria ainda negocia com o líbero Rafael, com passagem por Itajaí.
 
CBV ainda não sabe quando
   começa a Superliga B


Antes do início da competição nacional, Blumenau terá dois desafios considerados de pré-temporada: o Campeonato Catarinense – que deve ocorrer no mês que vem – e os Jasc. Porém se por um lado o início da Superliga já está confirmado para o final de outubro, ainda há uma incógnita por parte da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) sobre quando começa a divisão de acesso que, neste ano, dará duas vagas à elite.

Havia a expectativa de que ambas as competições pudessem ocorrer simultaneamente, até para equilibrar os times da segunda divisão, coisa que não aconteceu. Informações dos bastidores da CBV dão conta de que o início da Superliga B ficará apenas para janeiro, assim como aconteceu na temporada 2015/2016.

JORNAL DE SANTA CATARINA - JORNAL DE SANTA CATARINA

 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteRodrigo Faraco: a postura correta, mais uma vez, de Rafael Moura https://t.co/gkAhbaeoFe #LeiaNoSantahá 8 horas Retweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteJEC começa a série na luta por vitórias improváveis https://t.co/r971u2O7R4 #LeiaNoSantahá 9 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros