Pressionado, JEC busca reação no Rio - Esportes - Santa

Futebol15/09/2016 | 20h07

Pressionado, JEC busca reação no Rio

Equipe viajou para o duelo contra o Vasco na manhã desta quinta-feira sob os olhos da segurança, que foi reforçada

Pressionado, JEC busca reação no Rio Salmo Duarte/Agencia RBS
Lisca e outros jogadores desceram sem encontrar protestos da torcida do JEC Foto: Salmo Duarte / Agencia RBS

O embarque do Joinville para o Rio de Janeiro dá uma boa noção do atual momento da equipe. Preocupada com possíveis protestos da torcida — que se movimentava nas redes sociais —, a diretoria reforçou a segurança dos jogadores e da comissão técnica no Aeroporto Lauro Carneiro de Loyola, em Joinville, na manhã de desta quinta-feira.

Cercados pelos profissionais contratados pelo clube, os atletas e o técnico Lisca desceram do ônibus do JEC e caminharam tranquilamente até a área de embarque. Mas o trajeto só aconteceu com esta tranquilidade porque membros da equipe de apoio da comissão técnica estiveram no local antes da chegada dos atletas. Ao perceber que nada havia por ali, avisaram ao ônibus que ele poderia vir ao aeroporto sem preocupações.

Leia mais notícias sobre o JEC

Este cuidado redobrado é consequência da atual classificação da equipe na Série B. Décimo nono colocado, com apenas 24 pontos, o Joinville está cada vez mais próximo do rebaixamento. Hoje, a distância para o Oeste, 16º lugar (primeiro fora da zona de rebaixamento), é de seis pontos. Para piorar, em seis partidas no returno, o JEC somou apenas uma vitória.

Veja a tabela da Série B

E é com todas estas condições adversas que o Tricolor enfrentará o Vasco, líder da Série B, a partir das 21h30 desta sexta-feira, no Estádio de São Januário. Um novo resultado ruim irá afundar ainda mais a equipe no Z4.

Um novo tropeço também pode ser determinante para a saída do técnico Lisca. Na terça-feira, após o empate contra o Náutico, o presidente Jony Stassun decidiu não desligá-lo por entender que era preciso esperar mais. O limite é justamente a partida desta sexta.

Apesar de toda a pressão, Lisca entende que uma vitória diante do Vasco pode marcar o ressurgimento do JEC na Série B.

— É a oportunidade de, contra o Vasco, fazer um grande jogo e buscar a vitória, que seria muito importante no lado moral e psicológico da equipe já que, na sequência, vem um clássico — observou o treinador.

Sem dar pistas de quem levará a campo, ao que tudo indica Lisca não deve promover grandes alterações na equipe. O treinador revelou apenas a estratégia de jogo para vencer.

— Precisamos neutralizar o adversário, se mobilizar muito e aproveitar as oportunidades. É um jogo diferente, estamos fora de casa e a grandeza do adversário mostra que precisamos estar concentrados. Será o jogo do erro zero para fazer o resultado.

A NOTÍCIA

 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteVeja como foi o pré-jogo de Chapecoense x Independiente  https://t.co/nnaecj1WKg #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporte"Não temos que pensar em pontos, temos que pensar nos jogos", diz meia do Figueirense https://t.co/aQEls0IWyD #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros