Chapecoense volta a se animar com a chance de ir à Libertadores - Esportes - Santa

G-604/10/2016 | 08h18Atualizada em 04/10/2016 | 08h18

Chapecoense volta a se animar com a chance de ir à Libertadores

CBF confirmou que os seis primeiros do Brasileirão terão vaga

Chapecoense volta a se animar com a chance de ir à Libertadores Cleberson Silva/Chapecoense
Foto: Cleberson Silva / Chapecoense

A confirmação de aumento de vagas na Libertadores do ano que vem para o Brasil e de que seis vagas serão do Campeonato Brasileiro, podendo ser sete se um destes vencer a Copa do Brasil, deu uma reanimada no grupo da Chapecoense que vem de derrota por 4 a 1 para o Vitória. O Verdão ficou estacionado nos 38 pontos, quatro a menos que o sexto colocado Atlético-PR, justamente o adversário de amanhã pela Série A.

Leia mais sobre a Chapecoense
Confira a tabela da Série A

– Dá um ânimo a mais para que a gente possa buscar algo inédito – afirmou o vice-presidente de futebol do clube, Mauro Stumpf.

O aumento das vagas acabou entrando em pauta na conversa de dirigentes com a comissão técnica e jogadores. Stumpf lamentou que, se o time tivesse vencido o Vitória, estaria a um ponto do G-6.

Mesmo assim, ele avalia que a nova composição deixa vivo os clubes que estão no meio da tabela. Com isso, ele considera que os times que estão na parte de baixo podem sofrer mais. No entanto, a prioridade da Chape primeiro é fazer a pontuação necessária para permanecer na Série A.

G-4 pode virar G-9

Assim como antecipado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) na noite de domingo, a Conmebol ratificou em comunicado que o Brasil terá direito a sete vagas na Libertadores a partir de 2017. A CBF anunciou que se classificarão para o torneio continental os seis primeiros do Campeonato Brasileiro e o campeão da Copa do Brasil. Assim, o Brasil terá o maior número de representantes, pois a Argentina ganhou apenas uma vaga e terá seis times garantidos na Libertadores.

O número de representantes do Brasil, porém, pode chegar até oito em 2017 caso uma equipe do país conquiste a Copa Sul-Americana. Antes, o time campeão entrava na Libertadores tirando uma vaga reservada ao país, o que deixará de acontecer a partir de 2017.

A partir de 2018, o número de brasileiros pode chegar a nove. Com a mudança do regulamento de classificação para a Libertadores, o Brasileirão passará a enviar seis times para a disputa da Libertadores. O chamado ¿G-6¿, porém, pode virar até ¿G-9¿ em algum momento, caso um dos seis primeiros colocados do Brasileiro também seja campeão da Copa do Brasil, da Sul-Americana ou da própria Libertadores, que garantem vaga direta no torneio continental.

 
 
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros