Rodrigo Faraco: culpa da temporada ruim do Figueirense não é do árbitro do jogo contra o Palmeiras - Esportes - Santa

Olhar crítico18/10/2016 | 11h49Atualizada em 18/10/2016 | 11h49

Rodrigo Faraco: culpa da temporada ruim do Figueirense não é do árbitro do jogo contra o Palmeiras

Desempenho do Furacão durante o ano não é nem um pouco positivo

Rodrigo Faraco: culpa da temporada ruim do Figueirense não é do árbitro do jogo contra o Palmeiras Charles Guerra/Agencia RBS
Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

Depois das reclamações procedentes do último domingo – os erros do árbitro Igor Junio Benevenuto que deram ao Palmeiras a vitória e mataram qualquer possibilidade do Figueirense –, é preciso fazer algumas colocações importantes. Primeiro, deixar claro que o Palmeiras não está na liderança sem méritos. Nenhum time lidera 22 rodadas de campeonato sem que exista muito mérito nisto.

Segundo, também é verdade que o Figueirense não está na zona de rebaixamento porque Benevenuto colocou lá. Venho escrevendo sobre os equívocos da temporada alvinegra, com um planejamento atravessado e remendado. Em nenhum momento o Figueira conseguiu andar nos trilhos. A salvação só virá com alguns milagres em campo e vitórias surpreendentes.

Terceiro, é preciso cobrar dos dirigentes muito mais do que o discurso inflamado depois das partidas. Paulo Nobre fez, Bandeira de Melo fez, Wilfredo fez e Nepomuceno também. Mas ninguém faz absolutamente nada de mais profundo e contundente quando a discussão é arbitragem. Então, é importante ressaltar que o Figueirense foi prejudicado domingo. Mas ao mesmo tempo é preciso saber separar as coisas. 

Pressões e acordos

No turno, nem Dodô e nem Rafael Moura jogaram contra o Atlético-MG. Coincidentemente, neste returno nenhum dos dois vai jogar novamente contra o Galo. Acontece que os dois são emprestados do clube de Belo Horizonte para o Figueirense, e o Atlético também paga boa parte dos salários dos dois. Então, é outra questão em que há um conflito.

O Figueira reclamou, com razão, da alegada pressão – denunciada por Branco –, feita pelo Palmeiras para que Renato não entrasse em campo no último domingo. É algo que a CBF já determinou não ocorrer mais. Emprestou, está emprestado e não pode ser vetado. Mas, nos bastidores, existem os tais acordos entre os clubes. Então, é difícil dar razão total a alguém. Costumo dizer uma frase que define questões como esta – ¿no final das contas, eles se entendem¿.

 
 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteChapecó prepara velório coletivo de vítimas de acidente aéreo https://t.co/5LYHJ9eHmW #LeiaNoSantahá 3 diasRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteIdentificação das vítimas da queda do avião será por meio de impressões digitais https://t.co/eqQU3nPA5l #LeiaNoSantahá 3 diasRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros