Augusto Ittner: O protagonista fora do espetáculo - Esportes - Santa

Opinião26/11/2016 | 08h07

Augusto Ittner: O protagonista fora do espetáculo

Regulamentos que exigem capacidade mínima em estádio precisam ser repensados daqui para frente

Augusto Ittner: O protagonista fora do espetáculo Vanderlei Tecchio/prefeitura de Chapecó/Divulgação
Será que a Arena Condá não tem condições de receber a decisão da Sul-Americana? Foto: Vanderlei Tecchio / prefeitura de Chapecó/Divulgação



Em um mundo de suposições, imagine que em 2017 o Metropolitano chegue às quartas de final da Série D do Brasileiro. Serão os dois jogos mais importantes da história do clube, afinal de contas naquele momento se decidirá pelo sonhado acesso à terceira divisão. Mas tem um problema: pelo regulamento da competição, o Metrô não poderá jogar a partida em casa no Estádio do Sesi, o seu lar, por conta da capacidade mínima de público exigida pelo regulamento da competição. Todo o esforço e apoio do torcedor para chegar até a mais relevante das fases será colocado de lado porque Blumenau não tem um estádio que caiba pelo menos 5 mil pessoas.

Para nós, aqui no Vale do Itajaí, essa é apenas uma situação hipotética, mas que pode ocorrer no ano que vem. Para o pessoal do Oeste, porém, esse é um detalhe que já faz parte da vida real após o anúncio da Chapecoense nesta sexta-feira de jogar a final da Copa Sul-Americana no Couto Pereira, em Curitiba. São 467 quilômetros de distância entre toda a história construída até agora na Copa Sul-Americana e a determinação de um documento da Conmebol que coloca a capacidade de público como fator para determinar o local de uma decisão — com o pretexto da segurança, conforto.

O torcedor da Chapecoense está em lua de mel há alguns meses com o time. A campanha na Série A aliada ao enredo da competição internacional, fizeram explodir o sentimento de amor pelo clube. Esse casamento, porém, terá de sofrer uma breve separação. A ida ao Paraná para os 90 minutos mais importantes da história de Chapecó se tornará um aperto no peito do torcedor, protagonista em tudo o que aconteceu com o Verdão do Oeste nos últimos seis anos e que foi coroado com uma decisão internacional.

É preciso repensar os critérios que fazem com que um estádio possa receber uma partida desse nível ou não. Será que a Arena Condá realmente não tem condições de sediar a decisão da Sul-Americana? Por que um local que foi palco de uma semifinal não pode ser também parte do contexto de uma final? Excetuando questões que envolvem o entorno e preparação de pessoal, por que um time como o Bournemouth, na Inglaterra, pode receber clubes como Manchester United, Manchester City, Arsenal, Chelsea no seu estádio com capacidade para 11,5 mil torcedores e a Chapecoense não pode jogar na sua casa um jogo decisivo contra o Atlético Nacional da Colômbia?

Por mais que o argumento “capacidade de público” esteja respaldado por fatores complementares como segurança e conforto, não é por não poder receber 40 mil pessoas que a Arena Condá deixa de ter esses fatores. Imaginando mais uma situação, em que seguranças estão preparados e em que há todo um planejamento estratégico para auxiliar na mobilidade urbana, será que Chapecó não poderia ser a capital do futebol das Américas pelo menos por um dia?

Para a Conmebol, não. Lamento por aquela criança que vai para a escola com a camisa do clube, que joga bola com as cores da Chapecoense, que dorme vestido com seu manto sagrado e que tem o goleiro Danilo como herói supremo. Lamento porque, caso seus pais não queiram, ele não irá ser testemunha ocular do dia mais importante da história do universo em Chapecó.

JORNAL DE SANTA CATARINA

 
 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteChapecó prepara velório coletivo de vítimas de acidente aéreo https://t.co/5LYHJ9eHmW #LeiaNoSantahá 5 diasRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteIdentificação das vítimas da queda do avião será por meio de impressões digitais https://t.co/eqQU3nPA5l #LeiaNoSantahá 5 diasRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros