Força Nacional do SUS é enviada à Colômbia para dar apoio aos sobreviventes - Esportes - Santa

Tragédia no futebol30/11/2016 | 11h54Atualizada em 30/11/2016 | 11h54

Força Nacional do SUS é enviada à Colômbia para dar apoio aos sobreviventes

Organização pretende priorizar ações de atendimento psicológico e auxiliar nos repasses das informações sobre as vítimas

Uma equipe técnica da Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS) foi deslocada para a cidade de Medellín, na Colômbia, para dar apoio no retorno dos sobreviventes que se feriram na queda do avião com a delegação da Chapecoense. Na comitiva, foram deslocados representantes do Itamaraty e da Polícia Federal, entre outros profissionais. A organização pretende priorizar ações de atendimento psicológico e auxiliar nos repasses das informações sobre as vítimas. 

Além do atendimento psicológico, o objetivo da equipe é verificar a necessidade de apoio para regresso sanitário de sobreviventes. Segundo o SUS, com base nas informações e se houver pedido por parte da prefeitura de Chapecó, uma equipe da área de saúde mental poderá ser encaminhada ao Oeste de SC assim que os corpos chegarem na cidade.

O acidente
A terça-feira foi de tragédia para os brasileiros: o avião que transportava a Chapecoense caiu na Colômbia, vitimando jogadores, comissão técnica, jornalistas e convidados.

Leia mais notícias:
LaMia admite aeronave no limite da capacidade de combustível
AO VIVO: acompanhe todas as informações da tragédia da Chape
Prioridade é liberação dos corpos, garantem autoridades

 
 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporte"Lamentável", diz dirigente da Chape sobre grito da torcida do Criciúma que ironizou tragédia https://t.co/nqp8wBwwuX #LeiaNoSantahá 15 minutosRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteGráfico: relembre a trajetória de altos e baixos do Metropolitano https://t.co/9vILqN1aHx #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros