Sem dinheiro, AD Hering Futsal confirma desmanche da equipe adulta em 2017 - Esportes - Santa

Esporte21/11/2016 | 20h09

Sem dinheiro, AD Hering Futsal confirma desmanche da equipe adulta em 2017

Falta de apoio motivou desistência comunicada nesta segunda-feira pela manhã

Sem dinheiro, AD Hering Futsal confirma desmanche da equipe adulta em 2017 Patrick Rodrigues/Agencia RBS
Da elite nacional em 2014 para o desmanche em 2017. Foto: Patrick Rodrigues / Agencia RBS



O ano de 2014 foi um daqueles para ficar na memória dos amantes do futsal em Blumenau. Mesmo com orçamento limitado e time montado com atletas da base e apostas, a equipe da AD Hering conseguiu chegar às quartas de final da Liga Nacional, desbancando clubes tradicionais e passando perto — muito perto — de avançar ainda mais na competição.

Aí veio 2015 e, com menos dinheiro, o grupo foi elaborado às pressas. Diferente do ano anterior, as coisas não deram tão certo e a eliminação veio logo na primeira fase, o que gerou uma boa quantidade de desânimo que se refletiu na dificuldade para voltar à elite do futsal brasileiro em 2016.

Sem dar o passo maior do que a perna para evitar criar dívidas, o clube optou por um projeto mais simples neste ano. Com o comando do experiente Alexandre Melo, o Xande, atletas jovens e outros com salários mais baratos formaram o grupo para a disputa da Copa Santa Catarina, do Campeonato Catarinense e da fase regional dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc).

Eliminada na primeira fase da Copinha, sem conseguir grandes coisas no Estadual e nem mesmo se classificar para os Jasc, a diretoria já mostrava sinais de preocupação ao projetar 2017. Sem o apoio financeiro desejado, a AD Hering comunicou ontem o desmanche da equipe adulta.

— As coisas não caminharam positivamente. Não temos mais condições orçamentárias para contribuir com o desenvolvimento do futsal de Blumenau — afirma o gestor do clube, Jorge Schwartz, o Jorginho, que confirmou ainda que a partir de janeiro atletas e comissão técnicas estarão liberados.

Uma reunião com possíveis patrocinadores até a semana passada era tratada como chave para garantir a manutenção do time adulto no ano que vem. As negociações, porém, não andaram da forma esperada, o que motivou a decisão. O presidente da Fundação Municipal de Desportos (FMD) de Blumenau, João Sendeski, diz que recebeu com tristeza a informação, mas que o trabalho precisa continuar:

— O futsal em Blumenau não morrerá.

Existem basicamente duas opções para que a cidade tenha uma equipe adulta de futsal no ano que vem: ou uma instituição topa o desafio de assumir a gestão da modalidade com a base orçamentária oriunda da iniciativa privada, ou então a AD Hering aceita o convite da FMD para disputar (apenas) os Jasc com um grupo formado basicamente por jogadores revelados nas categorias de base.

— É o momento de digerirmos essa informação, mas acredito que teremos conversas para que a modalidade se fortaleça — comenta Sendeski.

Para Jorginho, é hora de outras pessoas aparecerem, com novos ares e ideias para a gestão do futsal na cidade.

— Achamos melhor que um outro grupo apareça, que possa dedicar mais tempo para o esporte. Vejo com bons olhos a continuidade do futsal em Blumenau, mas talvez seja hora de renovar com gente que tenha mais tempo e fôlego para isso — finaliza.

JORNAL DE SANTA CATARINA

 
 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteChapecó prepara velório coletivo de vítimas de acidente aéreo https://t.co/5LYHJ9eHmW #LeiaNoSantahá 8 diasRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteIdentificação das vítimas da queda do avião será por meio de impressões digitais https://t.co/eqQU3nPA5l #LeiaNoSantahá 8 diasRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros