"Estou feliz por estar vivo, mas perdi muitos amigos", diz Neto, antes de deixar hospital em Chapecó - Esportes - Santa

Sobrevivente22/12/2016 | 12h01Atualizada em 22/12/2016 | 20h55

"Estou feliz por estar vivo, mas perdi muitos amigos", diz Neto, antes de deixar hospital em Chapecó

Zagueiro da Chapecoense teve alta na  tarde desta quinta-feira

"Estou feliz por estar vivo, mas perdi muitos amigos", diz Neto, antes de deixar hospital em Chapecó Silvania Cuochinski/MB Comunicação
Foto: Silvania Cuochinski / MB Comunicação
darci debona

O zagueiro Neto, um dos seis sobreviventes do acidente com o voo da Lamia que levava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, no final do mês passado, teve alta do hospital no início da tarde desta quinta-feira. No final da manhã, ele fez uma declaração na entrevista concedida junto com os médicos da Unimed, que cuidam do tratamento dos jogadores que estão em Chapecó.

— Estou feliz por estar vivo, mas perdi muitos amigos — afirmou o zagueiro.

Com a voz fraca e abatido, Neto lembrou que ficou dez dias desacordado após o acidente, inclusive em coma induzido, e agradeceu o apoio recebido.

— Agradeço a todos que, desde que descobriram que eu estava vivo, oraram por mim. Tem sido uma situação difícil — declarou.

O zagueiro lembrou das famílias das vítimas, dos filhos que perderam seus pais e dos pais que perderam seus filhos. Ele afirmou que "ainda está caindo a ficha". E agradeceu a Deus por ter permitido que estivesse vivo.

— Um beijo no coração de todos — disse.

Neto não respondeu perguntas, conforme havia sido combinado com a equipe médica e com os jornalistas. Ele deve dar uma entrevista coletiva assim que estiver melhor.

A diretora clínica do hospital Unimed, Carolina Ponzi, disse que o jogador terá que manter imobilizado o joelho que foi operado em virtude de uma lesão nos ligamentos e também usar um colete cervical, por conta da fratura que teve na quinta vértebra.

O tempo de recuperação é de três meses.

Na saída do hospital haviam torcedores aguardando o jogador. Uma torcedora até entregou uma carta para o jogador. Ele também teve uma recepção carinhosa dos moradores do prédio onde mora.

O goleiro Jackson Follmann continua internado e se recupera da cirurgia na perna direita, onde irá implantar uma prótese. Amanhã deve passar por uma cirurgia no tornozelo esquerdo. Ele não tem previsão de alta.

Leia mais
Rui Costa diz que Chape oferecerá novo cargo a Follmann
Chapecoense conhece adversários na Libertadores 2017

 
 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteJEC perde em casa para a Chapecoense e segue na zona de rebaixamento https://t.co/2B2WQhHUqi #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteCaique, do Criciúma, analisa jogo de nove gols: "Ganhamos, três pontos, mas tem que melhorar" https://t.co/xRMX9Ug1Au #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros