Fernando Bonatto deixa comando da equipe de vôlei de Rio do Sul - Esportes - Santa

Superliga Feminina22/12/2016 | 12h40Atualizada em 22/12/2016 | 12h40

Fernando Bonatto deixa comando da equipe de vôlei de Rio do Sul

Ainda não há previsão da chegada de um novo treinador

Fernando Bonatto deixa comando da equipe de vôlei de Rio do Sul Clóvis Eduardo Cuco/Rio do Sul
Foto: Clóvis Eduardo Cuco / Rio do Sul

Fernando Bonatto não é mais o técnico da equipe de vôlei feminino de Rio do Sul. Em reunião na manhã desta quinta-feira, o coordenador da equipe, Nilo Borgonovo, informou a decisão ao treinador após nova derrota em casa na noite de quinta-feira, para o Pinheiros, por 3 sets a 1, com parciais de 18/25, 16/25, 25/17 e 21/25.

O motivo foi a cobrança por melhores resultados na Superliga. Com três vitórias em 11 jogos e a décima colocação na tabela da Superliga, optou-se pelo desligamento do treinador e a possibilidade de chamar um novo nome para comandar a equipe durante o returno da competição.

Ainda não há previsão de anúncio do novo treinador da equipe. O elenco se reapresenta no dia 2 de janeiro de 2017 depois do período de fim de ano. A primeira partida está marcada para o dia 6, no ginásio Artenir Werner, a partir das 21h30 contra o Sesi-SP.

A derrota para o Pinheiros na quarta-feira

Rio do Sul começou mal o jogo no passe, dando trabalho para a levantadora Carol Leite trabalhar suas jogadas e assim ter efetividade no ataque. O Pinheiros não cometia erros e aproveitava as jogadas de ataque com Babi e também Mimi Sosa, velha conhecida do time de Rio do Sul. Natiele, um dos destaques do time catarinense na Superliga até o momento, foi substituída por Fran Stedile por conta de lesão sentida logo no início do jogo.

No segundo set, a equipe também começou em desvantagem e vendo o Pinheiros jogar mais solto. Sonaly no lugar de Nayara, com uma torção no tornozelo, era a nova tentativa no ataque do time catarinense que voltava a pecar no contra-ataque e também na recepção. E apesar das boas investidas de Camila Paracatu e Kasiely, recuperada de uma inflamação no ombro direito, as catarinenses acabaram vencidas também nesta parcial.

Jogando em casa, Rio do Sul usava todas as armas que tinha. E praticamente todo o banco de reservas esteve em quadra na maior parte do terceiro set. A estratégia deu certo, tanto que a equipe passou a jogar melhor e animar o torcedor no ginásio Artenir Werner. O passe melhorou e deu a chance para a levantadora Francine distribuir bolas precisas para Kasiely, Sonaly e Fran Stedile no ataque.

Tanto Natiele como Nayara não voltavam para o jogo por conta de lesão ainda no primeiro set. O Pinheiros aproveitou esta oportunidade no saque e dificultou a vida das donas da casa. Em desvantagem no placar, Rio do Sul teve um esforço tremendo para tentar encostar no placar e , mas o set já era do Pinheiros, assim como a vitória.

Leia mais notícias sobre vôlei 
Rio do Sul dá largada em sua sexta participação na Superliga Feminina
Pela sétima vez, Rio do Sul fatura o catarinense de vôlei feminino 


 
 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteCaminhos para a taça: os pontos positivos e negativos de Avaí e Chapecoense https://t.co/BLEmXqzEHk #LeiaNoSantahá 1 minutoRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteNa prorrogação, Blumenau vence o Botafogo pela Liga Ouro https://t.co/47LwgrCTkQ #LeiaNoSantahá 8 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros