Médico da Chapecoense diz que Neto tem chance de voltar a jogar - Esportes - Santa

Versão mobile

Boa notícia16/12/2016 | 09h59Atualizada em 16/12/2016 | 09h59

Médico da Chapecoense diz que Neto tem chance de voltar a jogar

Zagueiro retornou ao Brasil nesta quinta-feira

Médico da Chapecoense diz que Neto tem chance de voltar a jogar Darci Debona/Agência RBS
Foto: Darci Debona / Agência RBS
ZH Esportes
ZH Esportes

A volta de Neto para Chapecó na noite desta quinta-feira não foi a única boa notícia desta semana. O zagueiro, o último a deixar a Colômbia após o desastre aéreo que matou 71 pessoas no dia 28 de novembro, tem chance de retornar ao futebol. De acordo com o jornal Estadão, o médico do clube catarinense, Edson Stakonski, afirmou que, no futuro, o jogador pode voltar aos gramados:

– Ele é um lutador, porque ficou oito horas esperando para poder ser resgatado. Ele esteve muito mal há uns sete dias e em menos de uma semana estamos no Brasil. A volta ao futebol? A chance existe – explicou o médico, sem dar qualquer tipo de previsão.

Leia mais:
Zagueiro Neto é recebido com gritos de "o campeão voltou" em Chapecó

No retorno ao Brasil nesta quinta-feira, Neto demonstrou medo em voltar a viajar de avião. Permaneceu acordado durante as nove horas de viagem de Medellín a Chapecó, com uma parada em Manaus, e reclamou de dores.

– Teve algumas reclamações de dores. Como ele é muito alto, quase não cabia na maca. Mas conversamos bastante, ele me contou da carreira de jogador. Foi uma viagem agradável diante de tudo o que vivemos nessa fase – explicou Stakonski.

O atleta de 31 anos ficará internado nos próximos dias no Hospital Unimed, onde estão o lateral Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel, outros sobreviventes da queda da aeronave da LaMia. É espero ainda que o goleiro Follmann também seja transferido para o local. Para isso, espera a liberação do hospital Albert Einstein, em são Paulo.

* ZHESPORTES 

Jornal de Santa Catarina
Busca