Sprint Race Brasil 2016 tem brilho de irmãos catarinenses Eduardo e Wanderlei Berlanda - Esportes - Santa

Versão mobile

Velocidade21/12/2016 | 17h13Atualizada em 21/12/2016 | 17h13

Sprint Race Brasil 2016 tem brilho de irmãos catarinenses Eduardo e Wanderlei Berlanda

Sprint Race Brasil 2016 tem brilho de irmãos catarinenses Eduardo e Wanderlei Berlanda Divulgação/
Carro 17, campeão em Interlagos com os irmãos Berlanda Foto: Divulgação

Uma corrida maravilhosa! Essa é a melhor definição para a prova final da Sprint Race Brasil, disputada no último domingo (18) no Autódromo de Interlagos. A vitória na corrida decisiva ficou com Guido Cotta, que ganhou pela primeira vez na categoria PRO e Kau Machado na GP, e o título acabou nas mãos dos irmãos Eduardo Berlanda/Wanderlei Berlanda Junior, catarinenses que terminaram na quinta posição na categoria, e asseguraram a conquista da PRO. A Vinícius Margiota bastou o segundo lugar na categoria para sagrar-se campeão da GP.

A temporada contou com oito etapas e dezessete corridas, - incluindo a Corrida de Convidados. Os pilotos superaram os concorrentes e os próprios limites para conquistar o título. A oitava etapa com pontos dobrados, valendo 25 pontos para o classificatório, 25 pontos a primeira corrida e 50 pontos a segunda corrida.

"Vinha sonhando com esse título. Foi um ano inteiro de trabalho junto com meu irmão. Nas primeiras voltas houve um toque com o Luca Milani, assim fiquei na torcida para conseguir trazer o carro até a bandeirada final. Tínhamos apenas três pontos na frente dele nessa final e precisávamos da vitória, felizmente deu tudo certo!", declarou muito emocionado o piloto Wanderlei Berlanda Junior #17.

"A condição que chegamos para a segunda corrida só posso ficar muito feliz com o resultado. Quando perdemos a pole e os pontos da classificação que tanto precisávamos deu uma desanimada. Mas consegui vencer a primeira corrida e na última o Juninho fez seu papel. Só tenho a agradecer o apoio de todos", festejou o catarinense Eduardo Berlanda #17, que ficou ainda com o título de melhor estreante e ao lado de Wanderlei Berlanda o minitorneio da Winter Cup.

Em sua segunda edição completa na Sprint Race, Vinícius Margiota conquistou pódios, venceu corridas e buscou se aprimorar. Na corrida deste domingo largou da última posição e fez uma brilhante corrida de recuperação. "Foi uma prova bem complicada, difícil, estava muito quente e desgastante. Mas, por fim, o resultado foi super positivo, consegui o resultado que precisava. Só pude ter certeza que ficaria com o título quando cruzei a linha de chegada. Conquistei o título e agora é só comemorar!", declarou o piloto de Jundiaí (SP).

"Foi uma temporada muito boa. Aprendi muito. Foi um ano de total evolução minha. Todas as corridas chegando no top-3 na categoria. Foi muito bacana", acrescentou Margiota #7.

"Estava tudo favorável , era para ganhar. Acabei errando e não tinha tanta experiência quanto tinha que ter. O ano foi muito bom, de grande progresso, por esse lado fico muito feliz, mas não conclui da forma que deveria ser", comentou o paulista Luca Milani #77, que recebeu o troféu de campeão do torneio Final Cup.

Guido Cotta fez sua primeira temporada completa pela Sprint Race. "Uma corrida bastante disputada, consegui largar muito bem e fiquei entre os três primeiros. Logo nas primeiras voltas ultrapassei o Vinicius Margiota na reta principal,depois abri bastante, ainda levei um pouco de pressão, mas defendi bem e conquistei a minha primeira vitória na categoria. Fechei com chave de ouro e pretendo continuar na Sprint Race no próximo ano para ganhar um pouco mais de experiência e quem sabe chegar lá no topo", disse o piloto do carro #23 de Vitória (ES).

Aos 57 anos, Kau Machado conquistou o segundo vice campeonato na Sprint Race nos quatro anos consecutivos que disputou a categoria, depois da vitória na última prova do ano. "Não tinha coisa melhor do que encerrar a carreira no templo do automobilismo que é Interlagos. Queria fazer o Jorge Martelli campeão, pois é bem merecedor. Saio com a sensação de ser um grande campeão, tenho o maior título que é estar participando depois de vencer um câncer e competir com essa garotada de igual para igual", mencionou o curitibano que dividiu o carro #87 com o chapecoense Jorge Martelli.

"Sem dúvida foi o melhor ano da categoria, disputada do começo ao fim. Tudo que nos comprometemos a fazer nessa quinta edição conseguimos realizar bem melhor. Realmente me sinto muito orgulho desse time e vamos para 2017!, finalizou Thiago Marques.

A transmissão das corridas da oitava etapa serão nos canais BandSports e PlayTV, e no Programa Acelerados no SBT com os episódios do Reality Show da Sprint Race.

A Sprint Race Brasil têm patrocínio da Albriggs, aQuamec, Pirelli, Ecopads, Vaz, Fremax e Rio Custom.

Resultado da segunda corrida deste domingo (18) e última da temporada (Top 10)

1) #23 Guido Cotta (PRO), 12 voltas em 25min02s431

2) #87 Kau Machado (GP)

3) #23 Raphael Campos (PRO)

4) #22 Gabriel Lusquinõs (PRO)

5) #7 Vinícius Margiota (GP)

6) #4 Sérgio Crispim (GP)

7) #82 Cassio Cortes (GP)

8) #78 Marcus Peres (GP)

9) #81 Rodrigo Elger (PRO)

10) #17 Wanderlei Berlanda Junior (PRO)

Classificação final da Sprint Race Brasil, após oito etapas:

Categoria PRO

1) 17 Wanderlei Berlanda Jr/ Eduardo Berlanda, 387 pontos

2) 77 Luca Milani, 366

3) 23 Guido Cotta, 274

4) 13 Raphael Campos, 223

5) 88 Beto Giorgi, 158

6) 22 Gabriel Lusquiños, 120

7) 65 Gabriel Sereia, 86

8) 4 Matheus Marini, 48

Categoria GP

1) 7 Vinicius Margiota, 358 pontos

3) 44 Kau Machado/ Jorge Martelli, 354

2) 78 Marcus Peres/ Lucas Peres, 339

4) 12 Claudio Buschmann, 212

5) 82 Cassio Cortes, 215

6) 82 Gerson Campos, 198

7) 55 Caê Coelho, 136

Classificação do Rookie Of The Year

1) 17 Eduardo Berlanda, 293 pontos

2) 78 Marcus/ Lucas Peres, 163

3) 87 Jorge Martelli, 160

4) 23 Guido Cotta, 135

5) 12 Claudio Bushmann, 109

6) 88 Beto Giorgi, 98

Classificação do Final Cup (Etapas 5, 6, e 7)

1) 77 Luca Milani (PRO), 141 pontos

2) 87 Jorge Martelli/ Kau Machado (GP), 87

3) 82 Gerson Campos/ Cassio Cortes (GP), 83

4) 17 Eduardo Berlanda e Wanderlei Berlanda Jr (PRO), 94

5) 78 Lucas Peres/Marcus Peres (GP), 77

6) 7 Vinícius Margiota (GP), 80

7) 13 Raphael Campos (PRO), 61

8) 23 Guido Cotta (PRO), 50

9) 88 Beto Giorgi/ Esio Vichiesi (PRO), 23

Classificação do Winter Cup (Etapas 2, 3, e 4)

1) Berlanda Jr/ Eduardo Berlanda, 163 pontos

2) Luca Milani, 113

3) Beto Giorgi, 80

4) Guido Cotta, 71

5) Claudio Buschmann, 70

6) Matheus Marini, 48

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteEmery mantém suspense sobre batedor oficial de pênaltis do PSG https://t.co/uxPJ55PWWr #LeiaNoSantahá 1 minutoRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteBenzema quer se aposentar no Real Madrid e sonha com retorno à seleção francesa https://t.co/M7jh2j5wh1 #LeiaNoSantahá 36 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros