Velório coletivo em Chapecó é confirmado para sábado - Esportes - Santa

Desastre aéreo da Chapecoense01/12/2016 | 16h44Atualizada em 01/12/2016 | 18h27

Velório coletivo em Chapecó é confirmado para sábado

Cerimônia na Arena Condá não deverá contar com o presidente Michel Temer, que participará apenas de homenagem no aeroporto

O velório coletivo, de jogadores e dirigentes da Chapecoense que será realizado na Arena Condá foi adiado desta sexta-feira para sábado. A confirmação foi do presidente do clube, Ivan Tozzo:

— Os corpos vão chegar na madrugada de sábado, entre meia-noite e 6h, o voo vai chegar da Colômbia. Os corpos estão em uma funerária, sendo embalsamados.

Assim que o avião da FAB pousar na pista do aeroporto Serafim Enos Bertaso, os caixões serão recebidos com honras militares. Além dos familiares das vítimas, a cerimônia contará com o presidente da República, Michel Temer.

A presença de Temer deverá se restringir às homenagens no aeroporto. Tal definição ocorreu através de uma costura política entre o Planalto e o Palácio da Agronômica, a residência oficial do governo catarinense. Há o temor que a presença de Temer na Arena Condá possa transformar o luto em um evento político.

Logo após a cerimônia no aeroporto, os caixões serão transportados em três caminhões para o estádio, onde ocorrerá o velório coletivo, na manhã de sábado. Os caixões estarão lacrados, com a foto de cada um sobre o esquife, a fim de identificá-lo. Além disso, para jogadores e dirigentes da Chapecoense, haverá bandeiras do clube e do Estado natal de cada um.

Tozzo ainda se mostrou revoltado com as informações sobre a tragédia ter ocorrido devido à falta de combustível no avião da LaMia.

— São pessoas imprudentes. Como alguém voa sem margem de segurança? — questionou o presidente da Chapecoense, revoltado.

Leia também:

Aeronáutica colombiana afirma que avião caiu sem combustível
O perfil das vítimas e sobreviventes do acidente da Chapecoense
Jovens da base viram peças chave na reconstrução da Chapecoense
Cem mil pessoas são esperadas para velório coletivo na Arena Condá
Medellín faz reverência histórica e inesquecível à Chapecoense em noite de homenagens na Colômbia
Noite de homenagens na Arena Condá tem arquibancadas lotadas e festa digna de título em Chapecó


 
 
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros