Criciúma e Figueirense fazem duelo decisivo no Heriberto Hülse - Esportes - Santa

Catarinense29/03/2017 | 07h25Atualizada em 29/03/2017 | 07h25

Criciúma e Figueirense fazem duelo decisivo no Heriberto Hülse

Enquanto o Tigre quer encostar na parte de cima da tabela, o Alvinegro quer se afastar das últimas posições

Criciúma e Figueirense fazem duelo decisivo no Heriberto Hülse Arte DC / Hora/Agência RBS
Foto: Arte DC / Hora / Agência RBS

Enquanto o Criciúma briga para se reaproximar do topo da tabela, o Figueirense quer se afastar das últimas posições. No clássico da noite desta quarta-feira, às 19h30min, no Heriberto Hülse, a disputa pelos três pontos vai muito além de garantir mais uma vitória. Para os donos da casa, mantém viva a chance de brigar pelo título de returno, e para o Figueira melhora a situação do time na competição.

Nas duas últimas vezes em que enfrentou o Figueira, o Criciúma levou a pior. No momento, porém, quem não vem bem é o time da capital, que está em penúltimo lugar no returno. A equipe do técnico Deivid terá Barreto e Diego Giaretta de volta, e vai com time completo para a partida decisiva. Como não existem favoritos em clássicos, a promessa é de um jogo de muito equilíbrio quando a bola rolar no Majestoso.

– É clássico, é diferente. Um time grande que está em um momento ruim se supera e vem, ganha jogos, começa a dificultar. Clássico é 50, 50, e nós temos que ter essa consciência. A única vantagem nossa é estar jogando em casa, então a gente tem que se impor como clube grande e conseguir a vitória — comenta Deivid, técnico do Criciúma.

Baixas no Alvinegro

Do lado do Figueirense, o pensamento é semelhante. Sem o lateral-direito Dudu, suspenso pelo terceiro cartão-amarelo, Weldinho vai para o jogo. O atacante Bill, expulso contra o Joinville, foi julgado na terça-feira pelo TJD-SC e pegou quatro jogos de suspensão – um já cumprido. Apesar de o Figueirense prometer entrar com um recurso para que o atleta atue, sua presença em campo é incerta nesta partida.

O técnico Márcio Goiano sabe do desafio de enfrentar o ataque mais efetivo do estadual, e encara a partida como uma decisão.

— Nessa reta sempre tem decisão e depois de uma vitória é importante dar continuidade. Mas sabemos dos jogos difíceis, vamos enfrentar o Criciúma, que briga na competição. Sabemos o que esperar lá, conhecemos a forma de jogar deles e vamos encontrar a dificuldade. Mas a vontade é de seguir vencendo — projeta o treinador.

Ficha técnica

Criciúma
Luiz; Diogo Mateus, Raphael Silva, Diego Giaretta e Marlon; Barreto, Douglas Moreira e Alex Maranhão; Silvinho e Jheimy. 

Técnico: Deivid. 

Figueirense
Thiago Rodrigues; Weldinho, Leandro Almeida, Bruno Alves e Juliano; Helder, Ferrugem e João Pedro; Elias, Anderson Aquino e Ermel (Bill). 

Técnico: Márcio Goiano. 

Arbitragem: Héber Roberto Lopes, auxiliado por Eder Alexandre e Clair Dapper. Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma.
Horário: 19h30min

Saiba mais:
Dudu desfalca o Figueirense contra o Criciúma pelo Catarinense
Perto de renovar contrato, Ferrugem diz: "Quero fazer história no Figueirense"
Acesse a tabela do Catarinense
Leia mais sobre o Figueirense

 
 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteAvaí e Chapecoense: um raio x dos finalistas do Catarinense https://t.co/VJyXqR7j8s #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteNove verdades e uma mentira sobre o Campeonato Catarinense https://t.co/7jOSgc5j6J #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros