Liga Nacional começa nesta quarta-feira com cinco catarinenses entre os 17 participantes - Esportes - Santa

Versão mobile

Futsal28/03/2017 | 08h02Atualizada em 28/03/2017 | 08h02

Liga Nacional começa nesta quarta-feira com cinco catarinenses entre os 17 participantes

Conheça os clubes de SC que estão confirmados nesta edição do torneio

A competição mais importante do futsal do Brasil vai começar nesta semana com a participação de pelo menos cinco times de cidades de Santa Catarina: Joinville, Concórdia, Jaraguá do Sul, Tubarão e o estreante Joaçaba, que abre os trabalhos nesta quarta-feira, quando vai receber o Atlântico-RS. Na última hora, Florianópolis viu a sua vaga ficar ameaçada e ainda não sabe se vai para a competição. 

Com 17 clubes confirmados, o campeonato é dominado pelas equipes do Estado, que querem fazer valer toda a tradição da modalidade em SC para brilhar dentro das quatro linhas. Confira como foi a preparação e como está a expectativa de cada equipe sobre o torneio, além das primeiras partidas no calendário de cada uma delas

Dimas (D) é um dos reforços de Joaçaba para a temporada Foto: Joaçaba Futsal / Divulgação

O caçula do Estado

O caçula de SC na Liga Nacional é Joaçaba. Ocupando a franquia que até no ano passado era representada pela Lajeadense-RS, a equipe do Meio-Oeste chega à competição com grande apoio da região. Ao todo, são 19 patrocinadores que investem no clube a fim de ver o nome da cidade do Vale do Rio do Peixe em alta no cenário nacional.

Inspirada na trajetória da Chapecoense no futebol de campo, a gestão do presidente Maicon Bertoluz quer fazer do Joaçaba o representante não só do município, mas de toda a região. Por isso, aposta num perfil de atletas ¿comprometidos, que estejam dentro de forma física e técnica e que queiram abraçar o projeto¿.

Entre as principais contratações está o ala Dimas (foto), atleta que já defendeu a seleção brasileira, tem passagem pelo futsal italiano e foi destaque do Concórdia nos últimos anos. De acordo com Bertoluz, o investimento para manter os compromissos em dia gira em torno de R$ 120 mil por mês.

Primeiros jogos
Quarta-feira
20h15min - Joaçaba x Atlântico-RS
20/4
20h15min - Jaraguá x Joaçaba
29/4
19h - Joaçaba x Minas
5/5
20h15min - JEC/Krona x Joaçaba
20/5
19h - Joaçaba x PatoPR


Valencia chegou ao Concórdia para esta temporada Foto: Ricardo Artifon / ACF

Tradição e ambição

Resgatar a tradição do futsal local e ir um degrau além do que conseguiu na última temporada: esses são os principais objetivos do Concórdia, que vai estrear na Liga Nacional de Futsal no sábado, contra o novato Foz Cataratas-PR.No ano passado, a equipe do Oeste caiu nas oitavas de final. 

Neste ano, a ambição, de acordo com o presidente Alexandre Simioni, é ficar pelo menos entre os oito melhores do País. Algo que não parece irreal, já que em 2013 o time foi vice-campeão da Liga. Degrau a degrau, o Concórdia quer subir cada vez mais para se firmar no cenário nacional e fazer jus à fama que tem. Entre o final dos anos 1980 e início dos anos 1990, a cidade se notabilizou na modalidade, sendo considerado um dos principais polos formadores de jogadores.

Alguns pratas da casa vão compor o elenco na Liga Nacional de Futsal. O investimento gira em torno de R$ 125 mil por mês. Se tivesse mais R$ 20 mil por mês no orçamento, o time certamente alçaria voos maiores, garante Simioni.

Primeiros jogos
Sábado
19h05min - Foz Cataratas x Concórdia
21/4
21h30min - Concórdia x Magnus-SP
29/4
20h15min - Guarapuava x Concórdia
20/5
20h15min - Assoeva x Concórdia
27/5
19h - Concórdia x Corinthians 


Joinville comemorou recentemente a conquista da Taça Brasil Foto: José Delmo Menezes Júnior / CBFS,Divulgação

Confiança de campeão

Joinville entrará na competição com o moral elevado. Campeão da Taça Brasil no início da temporada, o time está fortalecido em relação ao ano passado, quando caiu nas quartas de final. Por isso, se reforçou com as contratações do ala Jackson Samurai e do pivô Betão, que já fizeram a diferença na primeira competição do ano.

– Não posso esconder que o nosso objetivo principal é chegar a uma final. A gente manteve a base e contratou duas peças muito pontuais e importantes. O objetivo maior é lutar pelo título – frisa o presidente da equipe, Valdicir Kortmmann. 

Das equipes catarinenses, o JEC/Krona é o que tem o maior investimento. No entanto, a diretoria não especifica quanto gasta por mês para manter o projeto em pé. 

– Até mesmo por ter o maior investimento do Estado é que a gente coloca como objetivo brigar pelo título – complementa o dirigente.

Primeiros jogos
Sábado
20h15min - Guarapuava x JEC/Krona
29/4
19h - Carlos Barbosa x JEC/Krona
5/5
20h15min - JEC/Krona x Joaçaba
19/5
20h15min - Foz Cataratas x JEC/Krona
26/5
20h15min - JEC/Krona x Intelli-SP 

Tubarão busca a classificação à segunda fase neste ano Foto: Tubarão Futsal / Divulgação

Hora da volta por cima

Saco de pancadas da Liga nas duas últimas temporadas, Tubarão quer dar a volta por cima. A equipe do Sul do Estado passou os últimos anos colocando a casa em ordem, já que algumas dívidas dificultavam o andamento do projeto. Agora, com as contas paga, o time está pronto para dar o próximo passo. 

De acordo com o presidente do clube, Eduardo Rigotti, os investimentos foram feitos pensando em avançar de fase.Com um orçamento estimado em torno de R$ 100 mil por mês, a equipe quer incrementar a renda com o plano de sócio torcedores, já que a arena tem capacidade de acomodar mais de 3 mil torcedores em dias de jogos.

Um dos reforços é o pivô Charuto, campeão mundial pelo Magnus Futsal.

Primeiros jogos
Sexta-feira
21h30min - Corinthians x Tubarão
21/4
20h15min - Tubarão x Assoeva
5/5
20h15min - Tubarão x Intelli
20/5
20h15min - Guarapuava x Tubarão
26/5
20h15min - Tubarão x Foz Cataratas


Jaraguá aposta em sua tradição para surpreender neste ano Foto: Jaraguá Futsal / Divulgação

Vocação de gigante

Uma equipe montada dentro das limitações do orçamento, mas competitiva e com a meta de ir o mais longe possível na Liga. Esta é á fórmula com a qual o Jaraguá Futsal vai encarar a competição. Time conhecido no País inteiro pela época em que era patrocinado pela Malwee, quando foi multicampeão, hoje o elenco não tem tantos craques, mas a confiança da diretoria está grande.

– Pela nossa tradição, a ambição é sempre buscar a ponta. Com ou sem astros, a gente sempre vai buscar as melhores colocações – avisa o presidente da equipe, Marcio Hafemann.

Um dos destaque do time é o ala Oito Meia, que volta a defender o clube. A estimativa é que o projeto custe entre R$ 75 mil e R$ 80 mil por mês com todas as despesas.

Primeiros jogos
14/4
19h15min - Carlos Barbosa x Jaraguá
20/4
20h15min - Jaraguá x Joaçaba
4/5
20h15min - Jaraguá x Magnus-SP
26/5
20h15min - Jaraguá x Assoeva-RS
2/6
20h15min - Foz Cataratas x Jaraguá


Em dificuldade financeira, Floripa pode ficar fora da competição Foto: Floripa Futsal / Divulgação

Continuidade ameaçada

Presente em todas as edições da Liga Nacional de Futsal (LNF) desde 2007, Florianópolis pode não ter um time nesta edição do torneio. Isso porque o Floripa Futsal tem dividas com a organização da competição ainda relativas à temporada passada. Nesta segunda-feira, a LNF atualizou a tabela de jogos da competição sem a presença de Floripa.

A dívida da equipe com a organização gira em torno de R$ 60 mil. Apesar de ter participado de todas as reuniões antes do início da competição e estar previamente confirmada no campeonato, o time ainda corre em busca de recursos. 

De acordo com a diretoria da LNF, a decisão é irreversível, mas Valci Moreira, presidente da equipe da Capital, mantém as esperanças de que conseguirá manter o projeto em pé. Uma reunião na manhã desta terça-feira pode garantir mais investimentos ao time.

Leia mais:
Confira mais notícias sobre futsal
"Se eu parar, termina o futsal em Floripa", diz Valci Moreira

 
 
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros