Números atualizados deixam Marquinhos um gol mais distante do recorde da Ressacada - Esportes - Santa

Versão mobile

Marca histórica31/03/2017 | 16h14Atualizada em 31/03/2017 | 16h19

Números atualizados deixam Marquinhos um gol mais distante do recorde da Ressacada

Galego tem 55 gols no estádio, mas Décio Antonio fez 57 no total

Números atualizados deixam Marquinhos um gol mais distante do recorde da Ressacada Cristiano Estrela/Agencia RBS
Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS

O meia Marquinhos deixou o gramado no jogo contra o Joinville, nesta quinta-feira, aos 25 minutos do segundo tempo sem ter igualado o recorde de gols da Ressacada. Mas, ao contrário do que muitos imaginavam, não seria uma única bola na rede que colocaria o Galego no mesmo degrau da história de Décio Antonio. O ex-atacante computa 57 gols no estádio avaiano, mas os números do meia continham uma imprecisão: na lista com a qual o clube trabalhava eram 56, mas outros registros apontam 55.

A confusão dos números remete a uma partida de 1999, quando Marquinhos ainda era um jovem em busca de espaço na equipe titular. Em 29 de setembro, em partida contra o Sampaio Corrêa pela Série B, o clube considera que o camisa 10 - que naquele dia usava a camisa 15 - fez um gol. De fato, o tento foi creditado ao atleta por meio de um jornal da época.

No entanto, imagens de televisão às quais a reportagem teve acesso mostram que foi de Renatinho o gol. Alex Rossi fez o outro na vitória por 2 a 1 sobre o time do Maranhão.

A ficha técnica da partida publicada no Diário Catarinense de 30 de setembro de 1999 corrobora a reportagem de Dolmar Frizon da RBS TV.

Foto: Reprodução / Diário Catarinense

Para tirar a dúvida, a súmula da CBF deixa claro. Na vitória por 2 a 1 sobre o Sampaio Corrêa, em 1999, Alex Rossi e Renato fizeram a alegria da torcida na Ressacada.

Foto: Reprodução / CBF

Há poucas dúvidas de que, de fato, Marquinhos alcançará a honra de se tornar o maior artilheiro do time dentro de casa. Com a promessa de estender a carreira pelo menos até o fim de 2018, não faltarão oportunidades para o feito. Mas será preciso melhorar a média de gols. Neste ano, foram oito partidas diante da torcida e apenas um gol feito, na vitória sobre o Tubarão.

Comunicado da situação, o Avaí conversou com o atleta e irá atualizar os números do jogador de 35 anos.

A próxima chance para diminuir a marca rumo ao recorde é em 16 de abril, quando o Avaí vai receber o Barroso. Antes disso, o Leão enfrenta o Brusque - em jogo que o Galego está suspenso - e o Figueirense no Orlando Scarpelli.

Leia mais notícias do Avaí

Acesse a tabela do Campeonato Catarinense

Avaí vence o Joinville na Ressacada e segue vivo na briga pelo returno


 
 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteTenista britânico Daniel Evans cai no antidoping com cocaína https://t.co/eHJjIonNpT #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteTécnico Claudinei Oliveira avalia a continuidade de Kozlinski e Maicon entre os titulares do Avaí https://t.co/RUVoOlC1xq #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros