Oficial: federação confirma Estadual de basquete feminino sem a presença de Blumenau - Esportes - Santa

Augusto Ittner31/03/2017 | 20h20

Oficial: federação confirma Estadual de basquete feminino sem a presença de Blumenau

Desistência foi motivada por conta do regulamento da competição

Oficial: federação confirma Estadual de basquete feminino sem a presença de Blumenau Patrick Rodrigues/Agencia RBS
Time que até na semana passada disputava a Liga Nacional, ficará de fora do Estadual. Foto: Patrick Rodrigues / Agencia RBS



É. Não teve jeito. O Campeonato Catarinense de basquete feminino vai realmente ficar sem Blumenau, de longe — mas de longe mesmo — o maior campeão da história da competição com 14 títulos. Com uma nova regra imposta pela federação catarinense (FCB) que obriga os clubes a terem uma equipe Sub-17 ou Sub-19, o time foi forçado a desistir da participação no Estadual, algo que pegou os amantes do esporte de surpresa.

A possível desistência já havia sido confirmada pela coluna na edição do último fim de semana e põe à mostra uma brecha na formação de atletas criada pela falta de investimentos alguns anos atrás — e que será preenchida nos próximos dois anos pelo Sub-15, hoje em plena atividade.

Quem perde é o Campeonato Catarinense que precisa mais do clube blumenauense do que o contrário. O bom senso poderia, sim, ter prevalecido, já que o técnico João Camargo Neto – principal nome do esporte na cidade – desenvolve trabalhos nas categorias de base. Não há omissão. Mas não foi o que ocorreu e Blumenau, que há uma semana disputava (e vencia) seu último jogo pela Liga Nacional, ficará sem calendário para o time adulto no segundo semestre.

Uma pena
. Essa quebra complica não só a questão técnica, mas também a busca por patrocínios e até mesmo o desenvolvimento de novas jogadoras — afinal de contas, sem uma referência para se espelhar, muitas podem desistir. Vamos torcer para que isso não ocorra e que, com muita paciência e trabalho de formiguinha, Camargo possa mudar essa situação em um curto espaço de tempo.

Uma situação no meio disso tudo ainda é curiosa: em outros anos, Blumenau disputava o Estadual e por falta de recursos não ia para o Nacional. Dessa vez o time foi para a Liga e não jogará o Campeonato Catarinense que terá apenas cinco times — São Miguel do Oeste, Joinville, Itajaí, Florianópolis e Chapecó, atual campeão.

JÁ NO MASCULINO...

O lado legal da história fica por conta do Estadual masculino, que terá a participação de 14 (!) equipes, um recorde desde que a FCB foi criada, em 1995. Do Vale, além de Blumenau e Brusque, Rio do Sul também entrará em quadra. Essa ampliação no número de clubes, porém, traz um fator negativo: diminui a qualidade técnica do campeonato e faz com que equipes com um pouquinho a mais de investimento se sobressaiam perante as demais.

Até por conta disso, os próprios times decidiram que a partir do ano que vem o Catarinense terá segunda divisão — justamente para não haver essa discrepância entre elencos, o que é interessante. O campeonato começará em julho e se estenderá até outubro.

JORNAL DE SANTA CATARINA

 
 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteFinalista nos três últimos estaduais, técnico Hemerson Maria analisa decisão do Catarinense https://t.co/41Q5Cx3VzP #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteTornado, time mais antigo de futebol feminino em Florianópolis, chega à Série A  https://t.co/s1dllwRYNA #LeiaNoSantahá 6 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros