Almirante Barroso joga bem, vence o Avaí e ainda respira no Estadual - Esportes - Santa

1 a 015/04/2017 | 18h06Atualizada em 15/04/2017 | 18h41

Almirante Barroso joga bem, vence o Avaí e ainda respira no Estadual

Time de Itajaí jogou bonito no primeiro tempo, se segurou no segundo e deixa a definição dos dois rebaixados para a rodada final

Almirante Barroso joga bem, vence o Avaí e ainda respira no Estadual Leo Munhoz/Agência RBS
Foto: Leo Munhoz / Agência RBS

Se jogasse no resto do campeonato como jogou no primeiro tempo, talvez o Almirante Barroso não estivesse na zona de rebaixamento do Catarinense. Mas contra o Avaí na Ressacada, fez sua parte e venceu por 1 a 0, com golaço de falta de Schwenck. Já para o Leão, o jogo serviu para que os jogadores pendurados recebessem a suspensão, ficando livres para disputarem a final.

Na primeira etapa, o Almirante Barroso não só jogou melhor que o Avaí como jogou bem. Toque de bola e passes acertados deram trabalho ao goleiro Kozlinski. O gol merecido saiu aos 22 minutos em falta perigosa na beira da área. O experiente Schwenck botou fé e chutou no ângulo, impossível para o goleiro buscar.

Já no segundo tempo, a situação foi diferente. Os jogadores do Avaí receberam puxão de orelha no vestiário e voltaram com mais ímpeto. Dessa vez, quem trabalhou bastante foi o goleiro Rodolfo, que fez boas defesas. Nos 15 minutos finais, os dois times puxaram o freio. Chance para o os jogadores pendurados com cartão amarelo no Avaí conseguissem o segundo, para assim "folgarem" na última partida do returno e retornarem na final. Foram quatro cartões em cinco minutos de partida.

Os resultados paralelos favoreceram o Almirante Barroso. O Brusque conseguiu virar pra cima do Inter de Lages, deixando o time da Serra com 16 pontos, um a mais do que o de Itajaí. Agora o Almirante precisa vencer o Tubarão na rodada final e torcer para o Avaí contra o Inter de Lages. Ainda respira.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ - 0: Kolzinski; Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Luan, Judson (Caio César) e Marquinhos (Vinicius Pacheco); Diego Jardel (Lourenço), Romulo e Júnior Dutra . Técnico: Claudinei Oliveira.

ALMIRANTE BARROSO - 1: Rodolfo; Borelli (Rodrigo Couto), Robenval, Téssio e Adriano Chuva; Buru, Van Basty, Safira e Diogo Dolem (Zé Luiz); Jefferson Paulista e Schwenck (Hulk). Técnico: Renê Marques.

Gol: Schwenck, aos 22 minutos do primeiro tempo.

Arbitragem: Leandro Messina Perrone, José Roberto Larroyd e Elen Carolin Portal Sieglitz.

Cartões amarelos: Schwenck; Alemão, Betão, Capa, Luan e Judson.

Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis.

Público: 3.079

Renda: R$ 48.615,00

 
 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteChapecoense encaminha defesa alegando que foi induzida a erro https://t.co/Tgo5oqAmO5 #LeiaNoSantahá 3 horas Retweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteDiante do São Paulo, Avaí busca somar mais três pontos na luta pela permanência na Série A https://t.co/4OCWYKu7f4 #LeiaNoSantahá 8 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros