Governo de Santa Catarina emite nota de solidariedade após deslizamento de terra na Colômbia - Esportes - Santa

Versão mobile

Homenagem03/04/2017 | 08h09Atualizada em 03/04/2017 | 15h58

Governo de Santa Catarina emite nota de solidariedade após deslizamento de terra na Colômbia

Passados seis meses da tragédia com o avião da Chapecoense em Medellín, catarinenses e colombianos se uniram novamente em apoio

Governo de Santa Catarina emite nota de solidariedade após deslizamento de terra na Colômbia EJERCITO DE COLOMBIA/AFP
Foto: EJERCITO DE COLOMBIA / AFP
Diário Catarinense
Diário Catarinense

Passados seis meses da tragédia com o avião da Chapecoense em Medellín, catarinenses e colombianos se uniram novamente em solidariedade. Depois da notícia do deslizamento de terra que deixou ao menos 250 pessoas mortas na Colômbia, o Governo de Santa Catarina emitiu uma nota de solidariedade ao país.

Na carta assinada pelo governador Raimundo Colombo e o secretário executivo de Assuntos Internacionais de SC Carlos Adauto Virmond Vieira, o governo do Estado dedica "todo o carinho e a ajuda possível" que foram oferecidos pelos colombianos na queda do avião da Chape. Confira um trecho: 

"Os catarinenses, que já sofreram com uma tragédia semelhante, expressam sua solidariedade aos familiares das vítimas, ao povo e às autoridades colombianas e desejam a pronta recuperação dos feridos."

A Colômbia decretou estado de calamidade pública em Mocoa, cidade que registrou maiores danos. O deslizamento aconteceu às 23h30min (horário colombiano) de sexta-feira pelo transbordamento dos rios Mocoa, Mulato e Sangoyaco no departamento de Puntamayo. Nesta segunda-feira, dois dias após o deslizamento, moradores ainda procuram por familiares sob a lama

Além do poder executivo, o time da Chapecoense usou a conta do Twitter para apoiar as vítimas. O clube também mudou a foto do perfil para o símbolo com as cores da bandeira colombiana.

Amanhã, terça-feira, o clube catarinense joga contra o Atlético Nacional na Arena Condá, em Chapecó, pela Recopa, que reúne os campeões da Sul-americana e da Libertadores. Na programação para a chegada dos jogadores, o prefeito Luciano Buligon decretou ponto facultativo na prefeitura. Algumas escolas particulares também pretendem terminar mais cedo as aulas.

Leia mais notícias:
Chapecó está pronta para retribuir o carinho aos colombianos
Colômbia busca sobreviventes após deslizamento
Chape retribui solidariedade e presta apoio aos colombianos

 
 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteFigueirense sai na frente contra o Santa Cruz, mas não resiste e cede empate no segundo tempo  https://t.co/1olVuNIBUb #LeiaNoSantahá 3 horas Retweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteLe Graët deseja que Mbappé fique na França "pelo prazer para os olhos" https://t.co/mMzC96LPNe #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros