JEC perde em Chapecó e dá adeus ao sonho do título do returno - Esportes - Santa

Versão mobile

Futebol13/04/2017 | 21h16Atualizada em 15/04/2017 | 18h09

JEC perde em Chapecó e dá adeus ao sonho do título do returno

Tricolor perdeu por 2 a 0, em jogo disputado na Arena Condá. Resultado consagra a Chapecoense como segundo finalista do Campeonato Catarinense

JEC perde em Chapecó e dá adeus ao sonho do título do returno Marcio Cunha/Agência RBS
Chapecoense, campeã do returno, vai decidir o Campeonato Catarinense contra o Avaí, campeão do turno Foto: Marcio Cunha / Agência RBS

Terminou na tarde deste sábado o sonho do Joinville de chegar à quarta final consecutiva do Campeonato Catarinense. O Tricolor fez uma partida irregular — com mais momentos ruins do que bons — e acabou derrotado pela Chapecoense, na Arena Condá, por 2 a 0. O resultado fez o Verdão abrir seis pontos de vantagem na classificação do returno do Estadual. A uma rodada do fim, o JEC não pode alcançar o adversário.

O placar da partida foi construído a partir de gols na primeira e na segunda etapa. No primeiro tempo, Reinaldo, de pênalti, aos 33 minutos, marcou após o erro de Danrlei, que ocasionou a penalidade máxima. Aos 38 minutos do segundo tempo, Túlio de Melo definiu o marcador.

Sem pretensões no Campeonato Catarinense, o Joinville volta a campo no próximo domingo apenas para cumprir tabela quando receberá o Brusque, às 16 horas, na Arena Joinville. Antes disso, o Tricolor jogará pela Copa do Brasil, quarta-feira, às 21h45, diante do Sport, no duelo de volta da quarta fase do torneio. Para se classificar, o JEC precisa vencer por 1 a 0.

Ao longo dos 90 minutos na Arena Condá, o Joinville teve dificuldades. Ofensivamente, criava pouco e praticamente não ameaçava a Chapecoense. Defensivamente, levou muitos sustos nas bolas paradas.

Ainda assim, aos 15 minutos, Bruno Batata poderia ter aberto o placar. Fernandinho cruzou, Nathan rebateu mal e o camisa 9 viu o gol à sua frente para finalizar. No entanto, o tiro saiu sem precisão, por cima do gol.

Após esta chance, só deu Chape. Na melhor oportunidade, aos 19 minutos, Luiz Antônio cobrou falta e Arthur Caíque cabeceou sobre o gol. Mais tarde, aos 33 minutos, Reinaldo cobrou lateral e Danrlei se atrapalhou com a bola, cometendo pênalti. Reinaldo bateu no canto esquerdo de Matheus e abriu o placar.

Na segunda etapa, a Chapecoense entrou mais ligada do que o JEC. Poderia ter ampliado numa cabeçada de Arthur Caíque, defendida por Matheus; na bola na trave de Rossi; ou na chegada de Apodi.

O gol veio mesmo aos 37, quando o JEC já partia sem organização ao ataque. Andrei Girotto recebeu livre pela esquerda, cruzou e Túlio de Melo definiu o placar e o título da Taça Sandro Pallaoro (segundo turno) para os donos da casa. 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteBrasil vence Alemanha de virada e vai às semis do Mundial Sub-17 https://t.co/SmvYMPdYTM #LeiaNoSantahá 38 minutosRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteApós recorde pessoal no Mundial, catarinense Igor Amorelli vence Ironman Miami  https://t.co/h42wMQOuzK #LeiaNoSantahá 38 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros