"Jogo bom de jogar", avalia capitão do Avaí sobre o clássico com o Figueirense - Esportes - Santa

Versão mobile

Clássico 41406/04/2017 | 16h29Atualizada em 06/04/2017 | 16h29

"Jogo bom de jogar", avalia capitão do Avaí sobre o clássico com o Figueirense

Em condições distintas na tabela, equipes entram em campo neste domingo

"Jogo bom de jogar", avalia capitão do Avaí sobre o clássico com o Figueirense André Palma Ribeiro/Avaí F. C.
Foto: André Palma Ribeiro / Avaí F. C.
DC Esportes
DC Esportes

Mesmo lutando por objetivos diferentes neste Campeonato Catarinense, Avaí e Figueirense tratam o clássico como um confronto especial. A rivalidade estará em campo, apesar do Leão estar lutando pelo título do returno para ser campeão sem precisar de uma final e o Figueirense estar lutando contra o rebaixamento. O duelo está marcado para as 18h30min deste domingo, no Orlando Scarpelli. Pela rodada do turno, o placar foi igual na Ressacada: 0 a 0.

Experiente em clássicos, o meia Marquinhos trata esta partida como muito importante para a caminhada do Leão no campeonato. Independentemente da situação de cada equipe, ele quero o time ligado em campo para buscar os três pontos.

- Eu particularmente trato o jogo como muito diferente, não diferente, mas muito diferente até por ser da cidade, ser torcedor do clube, venho compactuando com isso desde os tempos de arquibancada, então para mim nunca vai ser um simples jogo. Valem os mesmos três pontos, mas o clássico não acaba no dia seguinte, às vezes dura mais que um título. Jogo bom de jogar e que nos dá ainda condição de brigar pelo returno, mas um clássico tem que entrar ligado pensando apenas no nosso jogo, porque o clássico mexe com a cidade - explicou o capitão do Avaí.

Empatado com a Chapecoense na classificação geral do returno do Estadual com 33 pontos, atrás pelo saldo de gols, e em terceiro na tabela do returno, atrás do Verdão e do JEC, a vitória sobre o Furacão também é importante para o Leão levar a decisão para a casa. Se o campeonato terminasse hoje, a decisão da partida seria na Arena Condá. Marquinhos sabe da relevância de disputar um título dentro da Ressacada.

Entrar ligado, independente da situação, até porque eles correm risco de rebaixamento. Não vale nada, não vale nada, mas daqui a pouco perde uma, duas e estão brigando contra o rebaixamento. nos pensamos no segundo turno, então temos que nos preocupar com nossa situação, temos problemas na nossa casa, então não vamos cuidar com a casa do vizinho. Temos que tomar nossas preocupações, atitudes, e pensar no nosso resultado positivo, até porque se não der para ganhar o segundo turno, que está difícil, chape abriu, mas na pontuação geral estamos igual. se não der para ser campe ao direto, temos que pensar na pontuação geral, porque temos o segundo jogo em casa, porque no estadual o mandante é muito forte no nosso estadual. 

 
 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteChile e Alemanha empatam e se aproximam das semifinais das Confederações https://t.co/LonZzGvopF #LeiaNoSantahá 53 minutosRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteAvaí se reapresenta após derrota em casa, e Junior Dutra retoma treinos https://t.co/sWqf05vwII #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros