Chape joga por empate para chegar ao segundo título em quatro dias  - Esportes - Santa

Versão mobile

Em Medellín10/05/2017 | 08h57Atualizada em 10/05/2017 | 08h57

Chape joga por empate para chegar ao segundo título em quatro dias 

Verdão do Oeste enfrenta o Atlético Nacional para conquistar a Recopa

Chape joga por empate para chegar ao segundo título em quatro dias  Cristiano Estrela/Agencia RBS
Verdão do Oeste enfrenta o Atlético Nacional para conquistar a Recopa Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS

A Chapecoense está a um empate de conquistar seu segundo título em quatro dias. No domingo, o Verdão ergueu a taça do Campeonato Catarinense. Nesta quarta-feira, se não levar gol em Medellín, leva o título da Recopa, pois venceu o primeiro jogo por 2 a 1, na Arena Condá. Caso perca por um gol de diferença, seja 1 a 0, 2 a 1, 3 a 2 e assim por diante, a decisão vai para os pênaltis porque não existe gol qualificado na Recopa. Se perder por dois gols a taça fica com o Atlético Nacional.

Apesar de não ter tido muito tempo para comemorar e ter embarcado ainda na noite de domingo rumo à Colômbia, o atacante Rossi quer mais um título:

— Não é qualquer time que encara duas finais em tão poucos dias, espero poder ajudar com jogadas individuais para que a gente consiga esse título.

Para o atacante Túlio de Melo, que foi titular no primeiro jogo da final, na Arena Condá, o confronto tem um lado emotivo muito forte, em virtude do acidente aéreo do ano passado.

—Será uma maneira de homenagear todos que não estão presentes — declarou.

No entanto, ele afirma que o adversário é a melhor equipe do continente, por ser a atual campeã da Libertadores, e que a Chapecoense precisa fazer o seu melhor, como fez em Chapecó, para conseguir um bom resultado.

— Temos que saber distinguir as coisas, o povo colombiano foi muito carinhoso, nós também temos um carinho muito grande por eles mas somos profissionais e dentro de campo temos que pensar em ganhar, em defender as nossas cores e esquecer tudo o que está passando ao redor, focando no futebol — afirmou o atacante.

Para este jogo o técnico Vagner Mancini poderá contar novamente com o volante Andrei Girotto, que não jogou no domingo, por estar suspenso. Com isso Nathan deve perder espaço no time titular. A tendência é de utilizar três volantes no meio, como Moisés Ribeiro, Girotto e Luiz Antônio, este mais adiantado.

Foi o esquema que deu certo no primeiro jogo da final contra o Avaí e também na estreia da Libertadores, contra o Zúlia, na Venezuela. A Chapecoense venceu estes dois jogos. No restante o time deve ser o mesmo que iniciou a partida contra o Avaí, no domingo. Afinal o treinador só teve tempo para fazer um treinamento antes da decisão da Recopa, na noite de terça-feira.

Cinco meses após tragédia, Chape se prepara para entrar em campo em Medellín
Em La Unión, carinho pelos brasileiros e Chapecoense está por todos os lados

 
 
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros