Brasil de Tite busca vitória contra Austrália após derrota para Argentina - Esportes - Santa

Versão mobile

Melbourne12/06/2017 | 09h53Atualizada em 12/06/2017 | 10h04

Brasil de Tite busca vitória contra Austrália após derrota para Argentina

Treinador usará amistoso para fazer testes

Brasil de Tite busca vitória contra Austrália após derrota para Argentina Saeed Khan / AFP/AFP
Foto: Saeed Khan / AFP / AFP
AFP
AFP

Após sofrer a primeira derrota em 10 jogos, na sexta-feira (9), para a Argentina, o Brasil busca uma vitória revitalizante nesta terça-feira (13) contra a Austrália, em Melbourne, num amistoso em que o atacante Gabriel Jesus será desfalque devido à fratura no rosto sofrida no duelo contra os argentinos.

O atacante de 20 anos recebeu uma cotovelada na cara do companheiro de Manchester City Nicolás Otamendi e sofreu uma fratura no osso orbital esquerdo. Jesus ficará de fora dos campos por três a quatro semanas, segundo estimativas dos médicos brasileiros.

Leia mais:

Tite promove volta de David Luiz e usará time com apenas dois titulares
Com lesão na face, Gabriel Jesus é cortado da seleção
Duelo entre Taison e Messi leva redes sociais à loucura

A ausência do jovem atacante, um dos símbolos da nova Seleção Brasileira do técnico Tite, se une a de Neymar, grande referência da equipe, mas que não foi convocado para poder descansar e aproveitar as férias.

O Brasil, primeira seleção classificada à Copa do Mundo da Rússia 2018, além da anfitriã Rússia, havia vencido todos os jogos desde que Tite assumiu o comando da equipe.

Na última sexta-feira em Melbourne, diante de quase 100 mil espectadores, enfrentou em amistoso uma Argentina que, com Jorge Sampaoli no comando técnico pela primeira vez, se mostrou mais eficiente diante do gol, vencendo por 1 a 0.

— Eles (Argentina) não foram tão superiores, mas nós precisamos de mais precisão nas finalizações para aproveitar as oportunidades — lamentou Tite, no sábado.

Copa das Confederações

O Brasil tentará se reerguer neste terça-feira diante de uma Austrália que realiza os últimos preparativos antes da Copa das Confederações, que começa neste sábado, na Rússia. O campeão asiático jogará o torneio pelo Grupo B, junto com Camarões, Chile e Alemanha.

A Austrália, que somou três derrotas na Copa do Mundo do Brasil, em 2014, mas deixou boa impressão num grupo que contava com as fortes seleções da Espanha, Holanda e Chile, tem como referências os meias Tim Cahill e Mile Jedinak, o goleiro Mat Ryan e o atacante Mathew Leckie.

Já o Brasil aproveitará o amistoso para realizar alguns testes. No domingo, Tite treinou com uma equipe que contou com três titulares do confronto contra os argentinos, o zagueiro Thiago Silva, o volante Paulinho e o atacante Philippe Coutinho.

— Temos muitas coisas para avaliar e preciso de algumas mudanças para que possamos jogar de maneira mais coesa e mais organizada — explicou o treinador da seleção.

Diego Souza, atacante do Sport, de 31 anos, será o substituto de Gabriel Jesus no ataque, numa equipe em que devem ganhar oportunidades também o goleiro Diego Alves, o lateral Rafinha, os zagueiro Rodrigo Caio e David Luiz, que podem jogar como volantes, e o atacante Douglas Costa.

 
 
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros