Chile inicia busca pelo título contra Camarões - Esportes - Santa

Versão mobile

Moscou17/06/2017 | 13h14

Chile inicia busca pelo título contra Camarões

Sem poder contar com o goleiro Claudio Bravo e com a estrela Alexis Sánches com problemas físicos, o Chile vai buscar a vitória contra Camarões, no domingo, pela estreia da Copa das Confederações.

Bravo não joga desde 27 de abril e confirmou, na última quinta-feira, que não vai estar disponível para o confronto com os africanos.

Seu substituto deve ser Jhonny Herrera, que vai ter a difícil missão de substituir o capitão, um dos jogadores mais importantes dentro e fora de campo.

Sánchez, por outro lado, levou uma pancada no tornozelo e treinou separado dos companheiros. Apesar do problema, o atacante deve entrar entre os titulares. Caso não consiga se recuperar, o substituto deve ser o jovem Martín Rodríguez, comparado por muitos à estrela do Arsenal.

Em torneios curtos como a Copa das Confederações, é importante vencer o primeiro jogo, ainda mais no caso do Chile, que precisa de dose de confiança para buscar o primeiro título em nível mundial de toda sua história.

- Juventude camaronesa -

Mas Camarões, campeão africano, não vai ser presa fácil, assim como demonstrou na última Copa Africana de Nações (CAN) no início do ano.

Como muitos times do continente, os Leões Indomáveis se destacam pelo poderio físico, que pode ser decisivo para uma seleção de baixa estatura como Chile. Além disso, os atletas são velozes, apesar de não contar com muita organização e disciplina tática.

O belga Hugo Broos deu oportunidade aos jovens talentos do país, que corresponderam positivamente na CAN disputada no Gabão, como o goleiro Fabrice Ondoa e os meias Christian Bassogog e Benjamin Moukandjo. Os dois são responsáveis por levar a bola aos atacantes Vincent Aboubakar e Robert Ndip També.

Neste sábado, Broos definiu o Chile como "um dos melhores do mundo e expoente do futebol moderno, com potência, qualidade técnica e velocidade".

Para o treinador, a chave do jogo vai ser "defender o jogo chileno, sem esquecer de atacar, porque o futebol moderno é encontrar o equilíbrio entre atacar bem e defender bem".

Camarões também tem ao seu favor a experiência neste torneio. A seleção já disputou a competição três vezes, inclusive chegando à final em 2003. Enquanto isso, Chile participa pela primeira vez.

Os dois times já se enfrentaram uma vez na história, na Copa do Mundo de 1998. Chile e Camarões empataram em 1 a 1 no Mundial da França.

- Prováveis escalações:

Camarões: Ondoa - Fai, Ngadeu, Teikeu, Oyongo - Siani, Djoum - Bassogog, Zoua, Moukandjo - Aboubakar (ou Ndip També).

Treinador: Hugo Broos (BEL)

Chile: Herrera - Isla, Medel, Jara, Beausejour - Díaz, Aránguiz, Vidal - Fuenzalida, Vargas, Alexis Sánchez (ou Martín Rodríguez).

Treinador: Juan Antonio Pizzi (ARG)

Árbitro: Damir Skomina (SVN)

* AFP

Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros