Maradona: "Sampaoli deixou o Sevilla na porta do cemitério" - Esportes - Santa

Versão mobile

 

Buenos Aires19/06/2017 | 16h49

Maradona: "Sampaoli deixou o Sevilla na porta do cemitério"

O ex-craque Diego Maradona criticou duramente o técnico da seleção argentina, Jorge Sampaoli, e questionou seus conhecimentos de futebol em entrevista com a emissora TyCSports, em Dubai.

"Ao invés de se reunir com (o presidente argentino Mauricio) Macri, Sampaoli deveria se reunir com (o ex-técnico César) Menotti", que comandou a Argentina ao título da Copa do Mundo em 1978, ironizou Maradona ao citar uma reunião entre o mandatário e o técnico, na última sexta-feira em Buenos Aires.

Maradona, 56 anos, afirmou que "Sampaoli não sabe mais de futebol do que (seu antecessor Edgardo) Bauza. Se você joga uma bola pra ele, te devolve com as mãos. É só ver que ele deixou o Sevilla na porta do cemitério".

"Se não tivesse vencido da gente a final no Chile, nem a família dele o conheceria", declarou Maradona, referindo-se à final da Copa América no Chile-2015, na qual Sampaoli foi campeão com a seleção anfitriã, derrotando nos pênaltis a Argentina de Gerardo Martino.

Sampaoli deixou seu cargo como técnico do Sevilla para assumir em 1 de junho a seleção argentina, substituindo Bauza, demitido em abril.

O técnico chegou com a missão de garantir a classificação à Copa do Mundo da Rússia-2018. A Argentina é atualmente a quinta colocada das eliminatórias, o que lhe valeria somente uma vaga na repescagem contra uma seleção da Oceania.

* AFP

 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteErros, marcação frouxa e lições: elenco da Chape avalia revés no Beira-Rio https://t.co/QXOBEhDNEQ #LeiaNoSantahá 53 minutosRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteComitê Olímpico dos EUA contrata ex-diretora do FBI para combater abusos https://t.co/VRe4WQrOrw #LeiaNoSantahá 53 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca