México e Portugal se enfrentam pensando em título - Esportes - Santa

Versão mobile

Kazan17/06/2017 | 14h29

México e Portugal se enfrentam pensando em título

Com Alemanha com time "B" e Chile levantando dúvidas, Portugal e México não se acanham ao conversar sobre vencer a Copa das Confederações, mas dependem do que fizerem no confronto direto entre os favoritos do grupo A, no domingo, em Cazã.

"Há um ano, disse que Portugal iria para a Eurocopa para vencer. Disse que não éramos favoritos, mas que éramos candidatos à vitória. Hoje tenho a mesma confiança", indicou o técnico Fernando Santos.

"O México tem condições de encarar qualquer seleção grande nas Confederações", declarou Marco Fabián, um dos melhores jogadores da equipe e atleta do Eintracht Frankfurt.

O México faz parte do Grupo A, ao lado de Portugal, a anfitriã Rússia e a Nova Zelândia, campeã da Oceania. Os dois melhores de cada grupo avançam às semifinais.

A princípio, Portugal tem a vantagem de contar com a estrela insaciável Cristiano Ronaldo, que marcou 18 vezes nos últimos 11 jogos. É a primeira vez que o craque enfrenta o México.

O time chega motivado com a inédita conquista europeia e com a segurança de que o líder CR7 atravessa um dos melhores momentos de sua carreira. Tudo isso porque o francês Zinedine Zidane finalmente conseguiu convencer o astro, de 32 anos, a dosificar a quantidade de partidas disputadas no ano.

- Ronaldo matador -

A nova versão do Ronaldo é um atacante menos individualista e mais concentrado em aparecer para finalizar as jogadas, muitas vezes com apenas um toque na bola.

"Temos como responder e a chave vai ser nosso jogo em equipe", comentou o goleiro Guillermo Ochoa.

Além de Ronaldo, Portugal parece ter melhorado com o surgimento de Bernardo Silva e André Silva, de 22 e 21 anos, que são duas grandes promessas europeias, contratadas por Manchester City e Milan, respectivamente.

"Acho que não é só Cristiano. Têm muitos bons jogadores, jovens que estão bem", lembrou o zagueiro Miguel Layun.

André fez 7 gols em 8 jogos pela seleção principal e deve jogar pela ponta, enquanto Bernardo pode ser o meia para dar assistências à dupla na frente.

- Vela e o ponto de virada -

Do outro lado está o México, com jogadores de alto nível atuando na Europa. O time parece ter encontrado a sintonia com o técnico Juan Carlos Osorio, depois de início ruim que contou com derrota por 7 a 0 para o Chile, pelas quartas de final da última Copa América.

Líder do hexagonal classificatório para a próxima Copa do Mundo 2018, a Copa das Confederações pode ser o ponto de virada para o país em grandes torneios, como revelou à AFP o antecessor Miguel Herrera.

Criticado por fazer rodízio com os jogadores e não ter um time titular fixo, Osorio parece apostar finalmente em Ochoa para o gol.

Apesar de dores no quadril, Hértor Moreno vai ser o xerife da zaga, com a companhia de Diego Reyes.

No ataque, o oportunismo de Chicharito Hernández e o talento de Carlos Vela, por fim comprometido com o time e que quer se transformar em fator determinante para esta competição.

- Prováveis escalações:

México: Guillermo Ochoa - Carlos Salcedo, Diego Reyes, Héctor Moreno, Miguel Layún - Rafael Márquez, Héctor Herrera, Andrés Guardado, Marco Fabián - Carlos Vela, Javier Hernández.

Treinador: Juan Carlos Osorio.

Portugal: Rui Patricio - Cédric, Jose Fonte, Pepe, Raphael Guerreiro - Bernardo Silva, Danilo (ou William), Moutinho, Gomes - André Silva, Cristiano Ronaldo.

Treinador: Fernando Santos.

Árbitro: Néstor Pitana (Argentina).

* AFP

 
 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteJEC bobeia no primeiro tempo e sofre outra derrota fora de casa https://t.co/4dJL3Ci0Vi #LeiaNoSantahá 54 minutosRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteDiego Giaretta lamenta empate do Criciúma em casa: "Erro nosso, não tem o que reclamar" https://t.co/g6lpz7GL72 #LeiaNoSantahá 54 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros