Sem uniformes, JEC cancela treino da manhã de quarta no CT - Esportes - Santa

Versão mobile

Série C15/06/2017 | 06h00Atualizada em 15/06/2017 | 06h00

Sem uniformes, JEC cancela treino da manhã de quarta no CT

Peças não chegaram por causa de dívida do clube com a lavanderia. Presidente explica que houve falta de comunicação

Sem uniformes, JEC cancela treino da manhã de quarta no CT Rodrigo Philipps/Agencia RBS
Atividades foram retomadas na tarde de quarta-feira, quando os uniformes já tinham aparecido no CT do Morro do Meio Foto: Rodrigo Philipps / Agencia RBS

Uma situação inusitada na manhã desta quarta provocou o cancelamento do treino do Joinville no CT do Morro do Meio. Por falta de pagamentos para a lavanderia, o JEC não recebeu os uniformes limpos. Sem as peças, a comissão técnica teve cancelar a atividade dos atletas.

O caso constrangedor chegou às redes sociais e provocou a ira de alguns torcedores, revoltados com o atual trabalho da diretoria. Sobrou, é claro, para o presidente do Joinville, Jony Stassun. Em entrevista ao blog, ele reconheceu o problema, mas alegou um ¿descompasso¿ na comunicação, que ocasionou o fato.

Leia as últimas notícias sobre o Joinville Esporte Clube no AN.com.br
Leia mais sobre o JEC no blog Toque de Letra

— Nós já tínhamos acertado o pagamento com a lavanderia, mas houve um problema de comunicação interna do pessoal da lavanderia. No fim, eles acabaram entregando o material com atraso. Não era isso que havia sido combinado e, infelizmente, o material chegou após as 9 horas, quando era para ter chegado entre 8h e 8h30 — explicou.

Segundo Jony, a partir de agora, o Joinville terá materiais reservas para garantir que, mesmo em caso de atraso da lavanderia, a situação não volte a acontecer na sequência do ano.

O problema com a lavanderia não é o primeiro caso inusitado que acontece com o Joinville neste ano. O clube também teve a alimentação do CT do Morro do Meio cortada por falta de pagamentos ao restaurante responsável pela produção dos alimentos. O atraso no pagamento dos salários foi outro fato que repercutiu mal no JEC.

Ciente da repercussão destes casos, Jony diz que a diretoria trabalha para acalmar o elenco e evitar que estes problemas influenciem no campo.

— Conversamos com eles sobre toda a situação que o clube passa e informamos que conseguimos um empréstimo para quitar algumas pendências de momento.

O Joinville conseguiu um empréstimo de R$ 500 mil, que deve entrar nos cofres no fim de junho ou no começo de julho. Sem crédito junto aos bancos, este valor veio graças à um grupo de investimento que trabalha com empréstimos bancários. Como garantia de pagamento, o JEC usou os valores que receberá de patrocinadores.





Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteCopa Interligas 2017 inicia nesta terça-feira com quatro clubes https://t.co/Wk6bWaK3BZ #LeiaNoSantahá 27 minutosRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteRoberto Alves: duelo desta terça-feira nos mostrará a real situação de Criciúma e Figueirense https://t.co/QbDztcVQpk #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros