Técnico do Criciúma comenta derrota para o Juventude: "Temos que manter a cabeça erguida" - Esportes - Santa

Versão mobile

série b06/06/2017 | 22h19Atualizada em 06/06/2017 | 22h19

Técnico do Criciúma comenta derrota para o Juventude: "Temos que manter a cabeça erguida"

Time está de volta à lanterna da competição

Técnico do Criciúma comenta derrota para o Juventude: "Temos que manter a cabeça erguida" Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

Não deu para o Criciúma, que amarga a quarta derrota em cinco rodadas da Série B. Até os 41 minutos da etapa final, o Tigre garantia o empate sem gols fora de casa, mas o Juventude balançou a rede com Vinícius, depois da cobrança de escanteio. Os esforços do Tigre, até então, tinham sido em manter a marcação firme, mas em um lance, tudo mudou. A derrota coloca o time catarinense de volta na lanterna do Brasileirão, com apenas um ponto conquistado.

— Não vai conseguir neutralizar tudo, a ideia era que tivesse perfeição, tivemos até aquele momento. O cara que fez o gol baixou pra cabecear, não teve força, ela subiu e bateu no travessão e deu nas costas do Luiz. Aconteceu, nós temos que manter a cabeça erguida, é um novo recomeço, o torcedor tem que continuar acreditando pois o Criciúma tem condições de sair desse mal momento — comentou o técnico Luiz Carlos Winck.

O Tigre criou pouco, mas foi dele o primeiro lance claro de gols, aos 25 do primeiro tempo, no cabeçada de Zé Carlos. De novo os dois volantes bem postados deram consistência ao setor defensivo, e a opção de Diego Giaretta no lugar de Marlon, na lateral esquerda, melhor o poder de marcação e na bola aérea. Na opinião de Winck, o Tigre conseguiu neutralizar o Juventude, que teve poucas chances com a bola rolando.

— Precisamos melhorar nosso movimento ofensivo, começamos na defesa, meio, para chegar no ataque, não se consegue trabalhar tudo junto. Infelizmente queríamos sair daqui com uma vitória, trabalhamos para isso, o empate também não seria mal resultado pois estaríamos pontuando e também ganhando um pouco de lastro para conseguir um melhor resultado dentro de casa — pontuou.

Na sexta-feira, às 19h15min, o Criciúma encara o CRB no Heriberto Hülse, na primeira partida de Winck diante da torcida. Esse é o pior início de Série B da história do Criciúma, que só tem um ponto de quinze disputados. 

Leia mais:
Fora de casa, Criciúma perde por 1 a 0 para o invicto Juventude
Criciúma empata com o Luverdense e deixa a lanterna da Série B
5 missões para Luiz Carlos Winck no Criciúma
Veja a tabela da Série B

 
 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteDefoe deixa Sunderland e retorna ao Bournemouth https://t.co/cWRS6k47jg #LeiaNoSantahá 4 minutosRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteBarcelona e Chapecoense disputam amistoso dia 7 de agosto https://t.co/lnpfmNlpSU #LeiaNoSantahá 43 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros