Claudinei fala sobre Luans de duelo: o do Avaí é "imprescindível", e o do Grêmio, "acima da média" - Esportes - Santa

Versão mobile

Série A08/07/2017 | 11h11Atualizada em 08/07/2017 | 16h06

Claudinei fala sobre Luans de duelo: o do Avaí é "imprescindível", e o do Grêmio, "acima da média"

Treinador comenta os homônimos em campo neste domingo, em Porto Alegre, e defende o atleta do meio de campo do Leão

Claudinei fala sobre Luans de duelo: o do Avaí é "imprescindível", e o do Grêmio, "acima da média" Cristiano Estrela/Agencia RBS
Claudinei comenta sobre os jogadores do mesmo nome que estarão em ação no confronto Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS
DC Esportes
DC Esportes

A movimentação e a posição em que atuam fará com que os jogadores com mesmo nome estejam em contato a partir das 16h deste domingo, na Arena do Grêmio. Volante do Avaí, Luan vai tentar parar Luan, atacante tricolor. O técnico Claudinei Oliveira falou sobre ambos na entrevista coletiva antes do duelo pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Luan que é comandado por ele tem sido criticado por sua escalação. O treinador defendeu sua escalação no miolo azurra e acredita que ele seja vital para a equipe.

—Acho que ele joga porque é uma grande opção para nós, um grande volante. Quando tivemos o acesso em dezembro ninguém perguntava porque o Luan jogava, quando fomos vice do Catarinense, também. O futebol tem uma máxima: o que não joga é sempre melhor do que o que não joga. Quem não joga não é visto, não erra passe, não erra desarme e nem chuta para fora. O Luan é imprescindível pela nossa forma de jogar neste momento, e vai continuar jogando. Se for por opção tática de jogar com um volante, pode ser que utilize ele ou outro atleta da posição. Não deixamos de fazer gol contra a Ponte por causa do Luan e Judson, mas tiveram méritos por ajudar a marcar e não tomarmos gols. Estou bem tranquilo com as minhas escolhas. A gente tem uma defesa sólida e somos criticados porque não fazemos tantos gols. É resultado, se mesmo com quatro pontos nos últimos dois jogos estão achando que as escolhas são ruins, imagine como seria se tivéssemos perdido. Gosto, cada um tem o seu. Cada um tem sua preferência. Estou aqui para escolher e eu faço para o bem o do clube. Nenhum treinador vai colocar um atleta que ele acha que é pior — explicou.

Sobre o homônimo, atacante do Grêmio, Claudinei teceu elogios. Sabe que vai dar trabalho aos seus comandados, mas acredita que não será necessário, ao menos de antemão, ter dedicada marcação especial.

- A principio não entra com marcação individual. A referência da nossa marcação é espaço, não atleta. Se necessário isso, podemos fazer. O Luan é um cara que dá prazer de assistir, faz parecer fácil vendo jogando. Está entre os melhores do campeonato. Espero que fique mais tempo jogando no Brasil e não saia agora na janela internacional.  É um jogador acima da média.

Acesse a tabela do Brasileirão Série A 
Leia mais notícias sobre o Avaí

 
 
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros