Criciúma sai na frente mas cede o empate ao Internacional nos acréscimos - Esportes - Santa

Versão mobile

um ponto08/07/2017 | 18h28Atualizada em 08/07/2017 | 18h35

Criciúma sai na frente mas cede o empate ao Internacional nos acréscimos

Time do técnico Luiz Carlos Winck marcou aos cinco minutos, com Lucão

Criciúma sai na frente mas cede o empate ao Internacional nos acréscimos Carlos Macedo/Agência RBS
Danilo Fernandes não conseguiu segurar o chute de Lucão, que girou e mandou pro gol Foto: Carlos Macedo / Agência RBS

A boa fase do Criciúma continua, e na tarde deste sábado, o Tigre empatou com o Internacional em 1 a 1, após ceder o empate já nos acréscimos. Pelo menos mil torcedores carvoeiros fizeram bonito na arquibancada, que por pouco não viram de perto a primeira vitória da história do Tigre no Beira-Rio. Na 12ª posição com 16 pontos, este é o sétimo jogo do Criciúma sem perder. O gol foi do artilheiro Lucão, que em cinco jogos, já marcou cinco vezes.

A bola saiu com o Inter, e foi dele as primeiras tentativas contra o gol defendido por Luiz. Nico López mandou de bicicleta com pouco mais de um minuto de jogo, e o time Colorado também explorou as laterais. A pedido do técnico Guto Ferreira, o Inter pressionou, para forçar o erro do Tigre e tentar abrir o placar. Mas quem balançou a rede foi Lucão, aos cinco minutos, na primeira chegada do time catarinense. Depois da cobrança de falta, a bola sobrou para o artilheiro do Tigre, que mandou para o gol sem chances para Danilo Fernandes.

Depois do gol, o Tigre ganhou mais confiança, mas o Inter manteve a intensidade. As principais jogadas do Colorado foram pela direita, dando trabalho para os marcadores Edson Borges e Diego Giaretta. Nico López e Cláudio Winck também chegaram com perigo, mas o Tigre se segurou. Ao final do primeiro tempo, depois de uma tentativa com Douglas Moreira, a resposta foi imediata. Pottker ficou cara a cara com Luiz, que fez a defesa em dois tempos e garantiu a vantagem do Criciúma.

Na volta do intervalo, o Inter parecia ainda mais determinado a buscar o gol. Com menos de um minuto, quase empatou com Nico López. Aos 4, Edenilson marcou de cabeça mas o bandeira apontou impedimento e aos 7, sem marcação, D¿Alessandro tentou colocar no cantinho, mas a bola foi para fora. O Criciúma se fechou ainda mais, e nas poucas oportunidades que teve, apostou nas jogadas de contra-ataque. 

O Inter dominou todo o segundo tempo, mas o setor defensivo do Criciúma segurou o placar. Luiz trabalhou bastante e aos 17 minutos, em uma saída errada para socar a bola, quase entregou para os donos da casa. O Colorado tentou de todas as maneiras, e aos 47, Klaus conseguiu igualar o placar de cabeça. 

Depois do ponto consquitado fora de casa, o Criciúma tem uma sequência de dois jogos no Heriberto Hülse, e quer aproveitar o bom momento para tentar entrar no G-4. Na terça-feira, o Tigre encara o Paysandu às 19h15min e na sexta-feira, 21h30min, a partida válida pela 14ª rodada é contra o Goiás. 

FICHA TÉCNICA

Gol: Lucão, do Criciúma, aos 5 minutos de jogo.

Cartões amarelos: Jonatan Lima, Diogo Mateus, Luiz e Barreto, do Criciúma. Felipe Gutierrez e Klaus, do Inter.

Inter – 0
Danilo; Cláudio Winck (Juan), Klaus, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, Felipe Gutiérrez (Brenner) e D'Alessandro; William Pottker e Nico López (Diego). Técnico: Guto Ferreira

Criciúma – 1
Luiz; Diogo Mateus, Raphael Silva, Edson Borges e Diego Giaretta; Barreto (Jocinei), Jonatan Lima e Douglas Moreira (Ricardinho); Fabinho Alves (Alex Maranhão), Silvinho e Lucão. Técnico: Luiz Carlos Winck

Arbitragem: Dyorgines Jose Padovani de Andrade, auxiliado por Fabiano da Silva Ramires e Edson Glicerio dos Santos (trio do ES). 

Local: Estádio Beira-Rio, Porto Alegre (RS) 

Público: 25.492

Renda: R$ 525.574,00

Leia mais informações sobre o Criciúma
Acesse a tabela da Série B

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteZaza faz três e Valencia goleia Málaga https://t.co/BdC7ZWAN7y #LeiaNoSantahá 5 minutosRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteAntes Ibra, agora Neymar: Cavani está cansado de ser coadjuvante https://t.co/Kqrs8hTqgI #LeiaNoSantahá 39 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros