Em noite pouco inspirada, Criciúma é derrotado pelo Boa Esporte - Esportes - Santa

Versão mobile

Série B18/07/2017 | 23h35Atualizada em 18/07/2017 | 23h41

Em noite pouco inspirada, Criciúma é derrotado pelo Boa Esporte

Tigre perdeu a invencibilidade de nove jogos no Brasileirão

Em noite pouco inspirada, Criciúma é derrotado pelo Boa Esporte Reproducao/Agencia RBS
Criciúma perdeu por 2 a 0 para o Boa Esporte fora de casa Foto: Reproducao / Agencia RBS
DC Esportes
DC Esportes

Faltou criatividade ao Criciúma na noite desta terça-feira. O Tigre foi derrotado pelo Boa Esporte por 2 a 0 em Varginha, Minas Gerais, e perdeu a invencibilidade de nove partidas no campeonato. O técnico Luiz Carlos Winck sofreu sua segunda derrota com a equipe. O resultado deixou o time catarinense em 12º lugar na tabela da Série B do Brasileirão. A equipe volta a campo no sábado para enfrentar o ABC, às 16h30min, no Heriberto Hülse. 

O Criciúma ainda se ajeitava em campo quando o árbitro Paulo Roberto Alves Junior apontou pênalti para o Boa Esporte. Em lance duvidoso na entrada da grande área, Jocinei tentou tirar a bola de Reis e acabou derrubando o adversário. Na cobrança, Fellipe Mateus abriu o placar. O goleiro Edson acertou o canto, mas não alcançou a bola. O prejuízo do Tigre não foi somente no placar. O técnico Luiz Carlos Winck foi obrigado a mexer na equipe antes dos 10 minutos. O zagueiro Raphael Silva sentiu uma lesão e teve de sair para a entrada de Márcio Goiano. 

Em jogo truncado, de forte marcação e poucas oportunidades de gol, o pênalti foi o que de melhor aconteceu nos primeiros minutos de partida. Na metade do primeiro tempo, o Tigre conseguiu assustar os donos da casa em uma falta cobrada por Alex Maranhão, que Silvinho desviou de cabeça. O goleiro Fabrício espalmou. Depois, em cobrança de escanteio, Jocinei tentou também de cabeça empatar, porém errou o alvo. No apagar das luzes da etapa inicial, o Boa Esporte poderia ter ampliado o placar, não fosse a pontaria errada de Thaciano. Livre, na entrada da área, ele mandou uma bomba à esquerda do gol defendido por Luiz Edson. 

O começo do segundo tempo foi melhor para o Criciúma. O time catarinense assumiu o controle do jogo, conseguiu criar algumas chances, mas pecou nas conclusões. Com Casagrande lesionado, o técnico do Boa Esporte, Nedo Xavier, colocou Wesley em campo. O jogo seguiu truncado, com poucos momentos de criatividade. Os donos da casa tiveram a chance de marcar com Reis, mas novamente o Edson salvou o Tigre. 

O Boa Esporte reclamou de um pênalti não marcado em cima de Reis, que foi derrubado por Nino. Sem criatividade para alcançar o empate, o Tigre errou na defesa e o adversário não perdoou. Edson tentou sair jogando com Giaretta, mas entregou a bola nos pés de Diones, que tocou para o fundo das redes. Estava decretada a derrota em Varginha. 

FICHA TÉCNICA

BOA ESPORTE: Fabrício; Ruan, Caíque, Douglas Assis e Paulinho (Elivelton); Geandro, Radamés, Thaciano, Fellipe Mateus (Eduardinho); Reis e Casagrande (Wesley). Técnico: Nedo Xavier 

CRICIÚMA: Edson; Diogo Mateus, Raphael Silva (Márcio Goiano), Nino e Diego Giaretta; Jocinei, Barreto, Alex Maranhão; Alisson Farias (Pitbull), Silvinho (Kalil) e Lucão. Técnico: Luiz Carlos Winck 

GOLS: Felipe Mateus e Diones (B) 

CARTÕES AMARELOS: Paulinho e Reis (B), Márcio Goiano (C)

ARBITRAGEM: Paulo Roberto Alves Junior, auxiliado por Victor Hugo Imazu dos Santos e Rafael Trombeta (trio do PR). 

LOCAL: Estádio Dilzon Melo, Varginha (MG)

Leia mais informações sobre o Criciúma 
Acesse a tabela da Série B

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporte"Temos que começar a pensar positivo", enfatiza Marquinhos após vitória do Avaí https://t.co/mf8v7eYYkf #LeiaNoSantahá 30 minutosRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteAvaí vence a Ponte Preta fora de casa e deixa a zona de rebaixamento https://t.co/Nas5yK68ze #LeiaNoSantahá 1 horaRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros