JEC/Krona pode ser líder da Liga Nacional na noite desta sexta-feira - Esportes - Santa

Versão mobile

Futsal20/07/2017 | 21h24Atualizada em 20/07/2017 | 21h25

JEC/Krona pode ser líder da Liga Nacional na noite desta sexta-feira

Tricolor precisa vencer o Minas, no ginásio do Sesc, e torcer por derrota do Magnus/Sorocaba diante da Intelli, em São Sebastião do Paraíso (MG)

JEC/Krona pode ser líder da Liga Nacional na noite desta sexta-feira Divulgação/JEC
Em duas partidas no Sesc, Joinville/Krona somou duas vitórias que colocaram o time na segunda colocação da Liga Foto: Divulgação / JEC

Na semana passada, o JEC/Krona entrou em quadra precisando de uma vitória combinada a um empate ou vitória da Intelli sobre o Corinthians para assumir a segunda colocação. Deu certo. Na noite desta sexta, a missão será a mesma. Se passar pelo Minas com dois gols de diferença e a Intelli bater o Magnus, o Tricolor será o novo líder da Liga Nacional de Futsal.

Os dois confrontos abrem a 14ª semana da Liga Nacional de Futsal e ocorrerão no mesmo horário: às 20h15. O Joinville está otimista. Mesmo em casa provisória – o ginásio do Sesc tem recebido as partidas enquanto o Centreventos é palco do Festival de Dança –, a equipe tem mostrado bom desempenho.

Nas duas rodadas em que atuou no Sesc, o Tricolor conseguiu duas vitórias – 7 a 2 sobre o atual campeão Corinthians e 3 a 1 diante do Pato Futsal, na semana passada.

No entanto, o técnico Vander Iacovino terá uma série de problemas para administrar na equipe. Além das perdas recentes – Dian Luka e Betão foram negociados com o futsal italiano –, o comandante não poderá contar com o fixo Fernando, o ala Fellipe Mello e o pivô Raul, todos lesionados.

A aposta será no quarteto formado por Xuxa, Eka, Gabriel e Jackson Samurai. Juntos, eles marcaram 23 dos 34 gols joinvilenses na Liga Futsal – Xuxa soma sete – mesmo número de Eka –, Gabriel marcou seis vezes e Jackson – em três ocasiões.

Os ingressos estão à disposição dos torcedores no ginásio do Sesc. A entrada custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Sócios do JEC Futsal não pagam. 

 
 
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros