Murray e Federer avançam às quartas de Wimbledon; Nadal eliminado em maratona - Esportes - Santa

Versão mobile

Londres10/07/2017 | 17h00

Murray e Federer avançam às quartas de Wimbledon; Nadal eliminado em maratona

AFP
AFP

O atual campeão de Wimbledon, o britânico Andy Murray, e o suíço Roger Federer, que busca um oitavo título em Londres, se classificaram às quartas de final do torneio, nesta segunda-feira, enquanto o espanhol Rafael Nadal foi eliminado após verdadeira maratona contra o luxemburguês Gilles Muller.

Nadal, número 2 do mundo e que vinha da conquista do 10º título de Roland Garros na carreira, precisou remar contra a corrente durante toda a partida contra o poderoso sacador Muller, de 34 anos e número 26 do ranking ATP.

O luxemburguês chegou a abrir 2 sets a 0 de vantagem, mas viu o raçudo espanhol deixar tudo igual, obrigando a partida a ir a um quinto e decisivo set sem tie-break.

Na última parcial, Muller se mostrou ligeiramente superior e poucas vezes teve o forte saque ameaçado de quebra por Nadal, mas desperdiçou quatro match-points até conseguir fechar a partida em 6-3, 6-4, 3-6, 4-6, 15-13, após 4 horas e 48 minutos de partida.

A partida foi a mais longa já disputada por Nadal na carreira em número de games (66) e o espanhol nunca havia convertido tantos aces (23), mas a vaga nas quartas ficou com Muller, que enfrentará o croata Marin Cilic (N.7).

Mais cedo, Murray, número 1 do mundo e campeão em Londres em 2013 e 2016, venceu por 7-6 (7/1), 6-4, 6-4 e enfrentará por uma vaga nas semifinais o americano Sam Querrey (N.24), que eliminou em cinco sets o sul-africano Kevin Anderson (5-7, 7-6, 6-3, 6-7, 6-3).

Roger Federer, de 35 anos e número 5 do mundo, teve ainda mais facilidade para superar seu 'espelho', o búlgaro Gregor Dimitrov, apelidado de 'Baby Federer' no início da carreira pelas semelhanças com o jogo do lendário suíço.

Dimitrov, 26 anos, segue sem conseguir superar Federer. Agora são seis derrotas em seis jogos contra o suíço, que nesta segunda venceu em rápidos três sets, parciais de 6-4, 6-2, 6-4.

Com a vitória, Federer se classificou às quartas de final de Wimbledon pela 15ª vez e enfrentará seu algoz nas semifinais do ano passado, o canadense Milos Raonic (N.6), que eliminou o jovem alemão de 21 anos Alexander Zverev (N.10) em cinco sets, 4-6, 7-5, 4-6, 7-5, 6-1.

Na parte de baixo da tabela, o veterano tcheco Tomas Berdych superou o jovem austríaco Dominic Thiem (N.8) em dura batalha de cinco sets, vencendo por 6-3, 6-7, 6-3, 3-6, 6-3.

Berdych, 11º cabeça de chave, enfrentará nas quartas o vencedor do confronto entre o sérvio Novak Djokovic (N.2) e o francês Adrien Mannarino, um duelo adiado para terça-feira devido à falta de luz natural.

- Kerber perde topo do ranking -

Na chave feminina, todas as partidas das oitavas de final foram realizadas e a rodada viu a queda da número 1 do mundo, a alemã Angelique Kerber, que deixará o topo do ranking com esta derrota.

Kerber foi derrotada pela espanhola Gabiñe Muguruza, finalista de Wimbledon em 2015 e 15ª cabeça de chave, em três sets, parciais de 4-6, 6-4, 6-4. A próxima adversária da espanhola será a russa Svetlana Kuznetsova (N.7), campeã de Roland Garros (2009) e US Open (2004).

Kerber, finalista em Wimbledon em 2016, precisava voltar a disputar a final do torneio para se manter na liderança do ranking mundial. Com a despedida precoce da alemã, o topo do ranking ficará com a romena Simona Halep (N.2), que segue viva na competição, ou com a tcheca Karolina Pliskova (N.3), eliminada na segunda rodada.

Halep, que assumirá o número 1 do mundo caso chegue às semifinais de Wimbledon, venceu nesta segunda a bielorrussa Victoria Azarenka em dois sets, 7-6, 6-2, e enfrentará nas quartas a queridinha da casa, a britânica Johana Konta, que eliminou a francesa Caroline Garcia (7-6, 4-6, 6-4).

Konta, 6ª cabeça de chave, se tornou a primeira britânica a chegar à quartas de final do Grand Slam londrino em 33 anos.

Quem também avançou foi a americana Venus Williams, que, aos 37 anos, se tornou a mulher de mais idade a se classificar às quartas de final de Wimbledon ao vencer a croata Ana Konjuh.

A americana, 10ª cabeça de chave, derrotou a croata em 6-3, 6-2. Curiosamente, Konjuh, de apenas 19 anos, nem sequer era nascida quando Venus estreou no Grand Slam londrino.

Nas quartas, Venus enfrentará a campeã de Roland Garros, a letã Jelena Ostapenko (N.13), que eliminou a ucraniana Elina Svitolina (N.4), 6-3, 7-6 (8/7).

- Resultados desta segunda-feira em Wimbledon:

Simples masculino (Oitavas de final):

Andy Murray (GBR/N.1) x Benoit Paire (FRA) 7-6 (7/1), 6-4, 6-4

Sam Querrey (EUA/N.24) x Kevin Anderson (RAS) 5-7, 7-6 (7/5), 6-3, 6-7 (13/11), 6-3

Rafael Nadal (ESP/N.4) x Gilles Muller (LUX/N.16) 6-3, 6-4, 3-6, 4-6, 15-13

Marin Cilic (CRO/N.7) x Roberto Bautista (ESP/N.18) 6-2, 6-2, 6-2

Milos Raonic (CAN/N.6) x Alexander Zverev (ALE/N.10) 4-6, 7-5, 4-6, 7-5, 6-1

Roger Federer (SUI/N.3) x Grigor Dimitrov (BUL/N.13) 6-4, 6-2, 6-4

Tomas Berdych (RTC/N.11) x Dominic Thiem (AUT/N.8) 6-3, 6-7 (1/7), 6-3, 3-6, 6-3

Novak Djokovic (SRV/N.2) - Adrian Mannarino (FRA) adiado para terça-feira por falta de luz natural

Simples feminino (Oitavas de final):

Garbiñe Muguruza (ESP/N.14) x Angelique Kerber (ALE/N.1) 4-6, 6-4, 6-4

Svetlana Kuznetsova (RUS/N.7) x Agnieszka Radwanska (POL/N.9) 6-2, 6-4

Magdaléna Rybáriková (SVQ) x Petra Martic (CRO) 6-4, 2-6, 6-3

Coco Vandeweghe (EUA/N.24) x Caroline Wozniacki (DIN/N.5) 7-6 (7/4), 6-4

Venus Williams (EUA/N.10) x Ana Konjuh (CRO/N.27) 6-3, 6-2

Jelena Ostapenko (LAT/N.13) x Elina Svitolina (UCR/N.4) 6-3, 7-6 (8/6)

Johana Konta (GBR/N.6) x Caroline Garcia (FRA/N.21) 7-6 (7/3), 4-6, 6-4

Simona Halep (ROM/N.2) x Victoria Azarenka (BLR) 7-6, 6-2

* AFP

Jornal de Santa Catarina
Busca