Pior início na Série B joga pressão sobre o Figueirense diante do América-MG - Esportes - Santa

Versão mobile

Nesta sexta-feira21/07/2017 | 07h31Atualizada em 21/07/2017 | 07h31

Pior início na Série B joga pressão sobre o Figueirense diante do América-MG

Furacão terá mudanças na equipe titular em busca da reação

Pior início na Série B joga pressão sobre o Figueirense diante do América-MG Arte DC/Arte DC
Foto: Arte DC / Arte DC

São poucas as vezes em que o Figueirense enfrentou a Série B do Campeonato Brasileiro, a partir da disputa por pontos corridos. Mas nunca o Figueira a jogou tão mal até este momento. A partir da edição de 2009, esta é a pior atuação da equipe nas quatro participações, passadas 15 rodadas. Porém, a pontuação pode se perder nas estatísticas com a reação e a fuga da zona do rebaixamento. Um jogo dá a possibilidade de uma nova história, e os alvinegros terão papel e caneta nas mãos às 19h15min desta sexta-feira, diante do América-MG, no Independência. 

Desde quando a Segundona é disputada no sistema de pontos corridos com 20 equipes, como o formato atual, esta é a quarta participação do Furacão no torneio, e a pior delas. O time tem 16 pontos somados em 15 partidas disputadas. Nas outras três edições, tinha mais de 20 e estava na zona de classificação à Série A ou próximo dela. 

Nos últimos três anos, o Figueira começou o Campeonato Brasileiro, A ou B, com 16 pontos nas 15 primeiras rodadas. O atual início, no entanto, só não é pior do que o de 2012. Então na elite nacional, o Figueirense iniciou com oito pontos, e seria rebaixado no final da competição. 

Alterações na equipe do Figueira

Do último jogo, o empate sem gols com o Oeste, a equipe vai entrar no gramado do Independência com três alterações. O técnico Marcelo Cabo está convencido de que necessita de um armador e vai colocar em ação o único disponível, Renan Mota – os outros atletas da função estão lesionados. Porém, há mais mudanças, como o retorno do volante Zé Antônio aos titulares. 

Juliano vai ter nova oportunidade na lateral-esquerda porque Julinho, com dores no joelho, ficou de fora da delegação que viajou ontem para Belo Horizonte. No trabalho apronto, o treinador armou o Figueira no 4-2-3-1 e ainda levou para o jogo o centroavante Nicolas Careca, apresentado na véspera do confronto da 16ª rodada da Série B. 

Não bastasse o mau momento que atravessa, o Furacão ainda terá que lidar com a ótima fase do time mineiro, que tem os mesmos 27 pontos que Guarani e Juventude, primeiro e segundo colocados, respectivamente. A equipe comandada pelo técnico Enderson Moreira está invicta nas últimas nove partidas, somando cinco vitórias e quatro empates. A tendência é que o time titular seja o mesmo que venceu o ABC na terça-feira.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Norberto, Messias, Rafael Lima e Giovanni; Ernandes, Zé Ricardo, Neto Moura e Ruy; Luan e Bill. Técnico: Enderson Moreira. 

FIGUEIRENSE: Saulo; Dudu Vieira, Ferreira, Marquinhos e Juliano; Zé Antônio, Pereira e Renan Mota; Robinho, Walterson e Henan. Técnico: Marcelo Cabo. 

ARBITRAGEM: Marcos Mateus Pereira, auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz e Leandro dos Santos Ruberdo (trio do MS). 

HORÁRIO: 19h15min

LOCAL: Estádio Independência, em Belo Horizonte

Leia mais notícias sobre o Figueirense 
Acesse a tabela de classificação da Série B do Brasileirão


Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteJovem goleiro espera por estreia no Figueirense no último jogo do ano https://t.co/0uT1cbFOMV #LeiaNoSantahá 41 minutosRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteDefinida a chave do JEC na Copa São Paulo de Futebol Júnior https://t.co/Ab9JTPcALR #LeiaNoSantahá 41 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca