Roberto Alves: "O Avaí foi fantástico, e o Figueirense, um desastre" - Esportes - Santa

Versão mobile

Opinião09/07/2017 | 20h32Atualizada em 09/07/2017 | 20h34

Roberto Alves: "O Avaí foi fantástico, e o Figueirense, um desastre"

Roberto Alves: "O Avaí foi fantástico, e o Figueirense, um desastre" Diorgenes Pandini/Agencia RBS
Foto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS
roberto alves
roberto alves

O fim de semana foi de sentimentos distintos para os torcedores dos times de futebol da Capital. O Avaí enfrentou o Grêmio de forma correta neste domingo. Fechou todos os espaços, marcou muito, e foi para a bola do jogo, que caiu justamente no pé de quem tem qualidade: Simião. O assustador volume de jogo gremista esbarrou no goleiro Douglas em tarde de herói, com direito a defender até pênalti. Uma atuação fantástica. 

Foi o crime da rodada e tinha que ser do Avaí, que não se contentou com placar mínimo. Para provar que tem lugar na equipe, Junior Dutra foi lá e mostrou tranquilidade e categoria para marcar o segundo do Leão e mostrar porque de vez em quando o Avaí "faz coisa". 

Crise alvinegra

Já o Figueirense, contra o Ceará, foi um desastre. As palavras do presidente Wilfredo Brillinger após a derrota por 2 a 0 ilustra a situação: "Ridículo, futebol de várzea, vergonha".

Dez dias de treinamento intensivo fizeram mal ao time. Uma derrota que deixa o Alvinegro em situação muito ruim na tabela. Escalado com três volantes para um jogo dentro de casa, e que precisava vencer, o Figueirense foi uma caricatura de time de futebol. 

Quando iniciava uma possível reação, o goleiro Thiago Rodrigues fez questão de se despedir da titularidade do time com uma brincadeira dentro da área que possibilitou o segundo gol do Ceará. 

Leia mais:
Comentários de Roberto Alves
Confira a tabela da Série A
Confira a tabela da Série B


 
 
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros