Rodrigo Faraco: Avaí levou uma pancada do Coritiba - Esportes - Santa

Versão mobile

Postura14/07/2017 | 00h05Atualizada em 14/07/2017 | 00h05

Rodrigo Faraco: Avaí levou uma pancada do Coritiba

Definitivamente o Avaí não sabe jogar mandando no jogo

Rodrigo Faraco: Avaí levou uma pancada do Coritiba Leo Munhoz/Agencia RBS
Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

Definitivamente o Avaí não sabe jogar mandando no jogo, tomando iniciativa e tendo posse de bola. Não é que não possa fazer. O Avaí mostrou que não sabe fazer. Desde o início fez errado, esvaziando o meio de campo, trazendo Judson entre os zagueiros para liberar os laterais. Ficava martelando nos lados, sem abrir espaços, e não tinha como fazer a bola passar pelo meio, porque ali não tinha quase ninguém – ficavam Marquinhos e Simião, que eram bem marcados. Juan poderia ter vindo no meio trabalhar a bola por dentro, abrindo espaço para Capa na lateral esquerda.

O resultado era um Avaí, atacando embolado, dando espaços no meio para o Coritiba organizar o contra-ataque, e oferecendo também as costas dos laterais. Era preciso atacar, mas não desta forma. A equipe sofre porque durante muito tempo foi treinada somente para defender e sair em velocidade. Claudinei Oliveira não está sabendo fazer/montar/organizar um Avaí que ataque.

Resultado desmoraliza

Se uma vitória, em casa, traria afirmação para uma nova fase, a derrota, como foi, de goleada, destrói bastante. Tudo que o Avaí fez nas últimas rodadas foi por terra. Ruim também foi ver o goleiro Douglas e contribuir para a derrota. Ele foi o símbolo da esperança do torcedor avaiano nas últimas partidas. E Douglas falhou no gol que praticamente definiu a vitória do Coritiba. Mesmo sendo uma bola difícil, ele falhou e naquele momento da partida, aos 34 do segundo tempo não havia muito mais o que fazer.

Leia todas as colunas do Rodrigo Faraco
Rodrigo Faraco: destaque no Avaí, goleiro Douglas é oferecido ao Flamengo

Jornal de Santa Catarina
Busca