Zagueiro do Criciúma lamenta empate contra o Inter: "A vitória estava na nossa mão" - Esportes - Santa

Versão mobile

quase08/07/2017 | 19h17Atualizada em 08/07/2017 | 19h17

Zagueiro do Criciúma lamenta empate contra o Inter: "A vitória estava na nossa mão"

Raphael Silva foi um dos melhores do Tigre em campo

Zagueiro do Criciúma lamenta empate contra o Inter: "A vitória estava na nossa mão" Carlos Macedo/Agência RBS
Torcedor do Criciúma compareceu em peso ao Beira-Rio Foto: Carlos Macedo / Agência RBS

Foi por pouco, já nos acréscimos, que o Criciúma cedeu o empate ao Internacional na tarde deste sábado, em Porto Alegre. Com o 1 a 1, o time catarinense volta para casa com mais um ponto somado, e manter a marca de sete jogos sem perder nesta Série B. O zagueiro Raphael Silva, um dos melhores em campo na partida de hoje, lamentou o gol de Klaus aos 47 do segundo tempo, depois do Criciúma segurar a pressão colorada durante toda a partida.

— Faltava menos de dois minutos para acabar, a vitória estava na nossa mão, e com o resultado a gente ficava a um ponto do G-4. Mas, é válido esse um ponto aqui, o Inter é time grande e sabíamos da pressão que ia ser. Espero que a gente possa manter essa pegada nos dois próximos jogos, dentro de casa — comentou o defensor.

Na semana que vem, o Criciúma tem uma sequência de jogos no Heriberto Hülse, e quer aproveitar o bom momento para tentar entrar no G-4. Na terça-feira, o Tigre encara o Paysandu às 19h15min e na sexta-feira, 21h30min, a partida válida pela 14ª rodada é contra o Goiás. 

O volante Ricardinho, que entrou no segundo tempo no lugar de Douglas Moreira, também avaliou a partida em Porto Alegre.

— No segundo tempo faltou ficar um pouco mais com a bola, mas sabíamos da dificuldade que era. Agora, tem que exaltar as coisas boas, a presença da nossa torcida foi muito bonito, e que nas próximas rodadas a gente possa conquistar mais pontos — disse.

O goleiro do Tigre, que teve muito trabalho e fez grandes defesas, também destacou a presença dos mais de mil torcedores que foram até o Beira-Rio apoiar o Criciúma. Luiz falou sobre a possibilidade de encostar no G-4 a partir das duas vitórias em casa, e a partir daí começar a brigar de verdade pelo acesso.

— A gente começou bem o jogo, fizemos o gol logo no início, mas o Inter teve mais volume, pressionaram bastante. Infelizmente em uma bola parada, onde tudo pode acontecer, tomamos o empate. A torcida veio aqui, bonito de ver, uma vitória seria excelente mas eu sei que eles estão felizes com o ponto conquistado — analisou o capitão tricolor.

Leia mais informações sobre o Criciúma
Acesse a tabela da Série B

 
 

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteEm situação ruim, Figueirense tem sequência difícil até o fim do turno https://t.co/EFOHb0ffjI #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsportePara Claudinei, Avaí teve postura eficiente contra o Corinthians  https://t.co/7c9Ua2ErwW #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros