Afastado do grupo principal do Figueira, Juliano diz: "Esforcei 110%" - Esportes - Santa

Versão mobile

Série B22/09/2017 | 19h51Atualizada em 22/09/2017 | 20h42

Afastado do grupo principal do Figueira, Juliano diz: "Esforcei 110%"

Volante que chegou a atuar como lateral-esquerdo passou a treinar em horário diferente por estar de fora dos planos para a sequência da temporada

Afastado do grupo principal do Figueira, Juliano diz: "Esforcei 110%" Luiz Henrique/Figueirense FC
Juliano passa a treinar fora do grupo principal do Figueira Foto: Luiz Henrique / Figueirense FC
DC Esportes
DC Esportes

Além da reunião de cobrança de dirigentes para com o elenco do Figueirense, nesta semana, a diretoria do clube decidiu afastar três atletas. Junto do meia João Pedro e do atacante Walterson, o volante Juliano não vai mais defender a equipe na Série B do Campeonato Brasileiro. Ele acatou a decisão do clube, porém garante que deu o que podia e um pouco mais para ajudar o Figueira que luta contra o rebaixamento na competição nacional.

— Fui pego de surpresa com a decisão da diretoria em me afastar. Fui comunicado no início desta semana que a comissão técnica havia pedido meu afastamento. Respeito a decisão do clube. Não estou aqui para brigar ou criar problemas e entendo que o Figueirense é maior que todos. O que me deixa com a consciência tranquila é que nunca deixei de me dedicar e me esforçar 110% para o bem da equipe e do clube. Sempre fui um dos primeiros a chegar e um dos últimos a sair, tenho compromisso com o meu trabalho. Continuarei trabalhando firme e cumprirei meu contrato da forma mais profissional possível, como sempre — garantiu.

O atleta chegou ao Figueirense início desta temporada, indicado pelo então treinador Marquinhos Santos, vindo do Fortaleza. Volante de ofício, atuou como lateral-esquerdo em boa parte dos 19 jogos que fez pelo clube. Juliano deu a entender que o julgamento da direção tenha sido em cima de uma função em que não é especialista.

— Na verdade acho que está havendo uma avaliação do que fiz como lateral-esquerdo. Atuei boa parte do tempo aqui como lateral, improvisado, com o intuito de ajudar. Nunca me escondi e sempre me coloquei à disposição seja qual fosse a posição que jogaria. Também nunca reclamei. Esta é uma situação nova para mim. Não havia sido afastado em nenhuma equipe. Infelizmente aconteceu e serve como aprendizado também. Não tenho perfil de ficar reclamando e achando que tudo está perdido. É uma fase difícil e espero que passe logo.

A última partida dele foi no empate em 1 a 1 com o Goiás, no Orlando Scarpelli, pela 20ª rodada da Série B.

Leia todas as notícias do Figueirense
Acesse a tabela da
Série B do Campeonato Brasileiro

Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros