Augusto Ittner: O caminho para Blumenau conquistar o hexa no Estadual de basquete - Esportes - Santa

Versão mobile

Bola laranja25/09/2017 | 09h22Atualizada em 25/09/2017 | 09h22

Augusto Ittner: O caminho para Blumenau conquistar o hexa no Estadual de basquete

Equipe teve a melhor campanha na primeira fase e enfrenta Floripa nas quartas de final

Augusto Ittner: O caminho para Blumenau conquistar o hexa no Estadual de basquete Sidnei Batista/Divulgação
Time do ala-pivô Hamilton teve 100% de aproveitamento na primeira fase. Foto: Sidnei Batista / Divulgação

Em primeiro lugar, um elogio: finalmente as decisões do Campeonato Catarinense de Basquete serão no formato de mata-mata – ou playoffs, para os íntimos do esporte da bola laranja. Nada é mais sem graça do que decidir uma competição importante como o Estadual em um quadrangular sem final e com 50 torcedores no ginásio ou então em jogo único em que um deslize pode comprometer tudo que foi construído até então – como ocorreu com Brusque em 2015, quando Blumenau (que não havia vencido nenhuma contra o adversário até então) se aproveitou de uma tarde inspirada para conquistar o título. Dessa vez, pelo menos, a federação catarinense (FCB) acertou.

Sábado, a equipe blumenauense (Apab/Incape/FMD) do ala-pivô Hamilton (foto) só carimbou a já confirmada primeira colocação no grupo ao vencer Joaçaba por 72 a 61 no ginásio da S.R.E. Ipiranga. O time do técnico Sérgio Carneiro, o Serjão, não só teve o 2º melhor ataque a melhor defesa da primeira fase e 100% de aproveitamento, como também anotou também as duas maiores "goleadas" – 119 a 48 e 118 a 48, ambos os placares em confrontos contra Jaraguá do Sul. Agora o grupo enfrentará o Avaí/Florianópolis nos duelos para definir quem avança à semifinal. Conforme tabela básica da FCB, os jogos serão em melhor de três nos dias 3, 6 e 7 de outubro – a última data apenas se necessário, é claro.

Blumenau vai em busca do sexto título na história e o adversário dessa primeira fase de mata-mata teve uma campanha irregular, com três vitórias nas oito partidas – duas contra Lages, que não ganhou de ninguém, e uma contra Criciúma, penúltimo colocado. Sem querer menosprezar, mas mesmo sem o ala Gabriel Mineiro, que foi para o basquete do Botafogo e era um dos destaques no Catarinense, a equipe de Serjão não deve ter dificuldades para passar de fase.

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteElton Carvalho: Basquete de Joinville pode ficar sem casa na sequência do NBB https://t.co/NOg8ShK0uW #LeiaNoSantahá 8 horas Retweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteJEC/Krona tem acordo apalavrado para renovação de dois campeões https://t.co/GsM7TCfEZx #LeiaNoSantahá 9 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca