Com Kalil no ataque, Criciúma está definido para enfrentar o Luverdense neste sábado - Esportes - Santa

Versão mobile

série b08/09/2017 | 18h27Atualizada em 08/09/2017 | 18h27

Com Kalil no ataque, Criciúma está definido para enfrentar o Luverdense neste sábado

Atacante entra no lugar de Lucão, suspenso pelo terceiro cartão amarelo

Com Kalil no ataque, Criciúma está definido para enfrentar o Luverdense neste sábado Fernando Ribeiro / www.criciuma.com.br / Divulgação/Divulgação
Foto: Fernando Ribeiro / www.criciuma.com.br / Divulgação / Divulgação

O atacante Kalil, de 21 anos, vai ter mais uma oportunidade com a camisa do Criciúma. É ele quem substituiu um dos artilheiros do time, Lucão, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Na frente ele joga ao lado de Silvinho e João Henrique, com o apoio de Douglas Moreira, Ricardinho e Jonatan Lima no meio. Lá atrás, a mesma formação: Luiz no gol, Diogo Mateus, Edson Borges, Nino e Diego Giaretta na lateral-esquerda.

— O Kalil é um jogador para ficar mais próximo da área adversária, trabalhar mais bico de área. É um menino de boa qualidade e espero que faça um bom jogo como fez lá com o Santa Cruz em Recife — comentou o técnico Luiz Carlos Winck.

O time que enfrenta o Luverdense neste sábado, às 16h30min no Heriberto Hülse, é o mesmo que jogou contra o América-MG, com exceção de Kalil. Apesar de repetir a escalação, Winck realizou algumas mudanças na maneira do time jogar. Com a ênfase nos treinamentos, o técnico espera que o time tenha crescido no aspecto físico, o que acabou decaindo nas últimas rodadas. 

— Temos que agredir um pouco mais dentro de casa, noa podemos apenas em nos defender. Nós nunca usamos isso de jogar só nos defendendo, é que eu digo que para vir atacar o adversário quando marca forte e sair de trás rápido, tem que estar bem na parte física, e nós tivemos uma queda de rendimento vista por todos. Os atletas buscaram bem nesse período que tivemos de treinamento, e isso foi visto claramente no treino de ontem (quinta) — relembrou.

O Luverdense vem de uma vitória que o afastou da zona de rebaixamento, mas a ideia é continuar subindo na tabela. O time vem empolgado até o Sul do Estado, pois no retrospecto, nunca perdeu para o Criciúma no Majestoso. Para garantir os três pontos diante do time mato-grossense, Winck fez uma boa análise da maneira como joga o adversário.

— Estudamos bem a questão do Luverdense, sabemos que tem uma boa equipe, dois meias Sérgio Mota e Marco Aurélio que são jogadores experientes. Eles jogam no 4-1-4-1, dois atacante de lado rápidos, mais um jogador Rafael Silva, de área, é uma equipe boa ofensivamente e vamos procurar neutralizar o que tem de bom e procurar no erros que o adversário tenha — explica.

Leia mais:
Após queda de aproveitamento em casa, Jonatan Lima promete nova fase do Criciúma: "A gente corrigiu"
Luiz Carlos Winck completa 100 dias à frente do Criciúma: "É um clube maravilhoso" 
Confira as últimas notícias do Criciúma
Acesse a tabela da Série B

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteMeia emprestado ao JEC desejava permanecer até o fim do ano https://t.co/Hlosl1WMuY #LeiaNoSantahá 8 minutosRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteMorre Jake LaMotta, o boxeador de inspirou "Touro Indomável" https://t.co/pOSTi3w3Jd #LeiaNoSantahá 8 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros