Criciúma recebe o Juventude em confronto direto para colar no grupo de acesso à elite do Brasileirão - Esportes - Santa

Versão mobile

Série B12/09/2017 | 08h31Atualizada em 12/09/2017 | 08h31

Criciúma recebe o Juventude em confronto direto para colar no grupo de acesso à elite do Brasileirão

Lucão retorna ao ataque do Tigre no jogo desta terça-feira, às 21h30min, no Heriberto Hülse

Criciúma recebe o Juventude em confronto direto para colar no grupo de acesso à elite do Brasileirão Artes dc/Artes DC
Foto: Artes dc / Artes DC

Vencer o Luverdense em casa satisfez apenas a necessidade da tabela de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro. Tanto a torcida quanto o técnico Luiz Carlos Winck deixaram o Heriberto Hülse sem estarem convencidos pelo futebol apresentado pelo Criciúma. Na noite desta terça-feira, às 21h30min, contra o Juventude, o único fator a ser repetido é o triunfo. O treinador faz quatro alterações na escalação para o confronto direto para colar no G-4: o time gaúcho está em sexto e o Tricolor é o sétimo lugar – não há como o Tigre entrar na zona de acesso porque o número de vitórias favorece o Ceará, mesmo com triunfo dos criciumenses.

As mudanças no Criciúma começam no setor defensivo: Diego Giaretta deixa a lateral esquerda e retorna para a zaga. Nino fica no banco. E Márcio Goiano vai para o lado. Jocinei e Jeferson são os nomes escolhidos por Winck para as vagas de Ricardinho e João Henrique. Na frente, Lucão está de volta, depois de cumprir suspensão, ao lado de Silvinho. A dupla já marcou 13 vezes pela Série B deste ano.

— Eu troco e procuro ajustar o máximo possível para ter uma equipe que jogue mais. No início conseguimos jogar mais no campo ofensivo, e agora temos um pouco mais de dificuldade. Não adianta só se defender, temos de jogar, propor o jogo — apontou o técnico.

Winck muda o Criciúma e pede apoio do torcedor diante do Juventude

A queda de produção do Criciúma tem incomodado o torcedor. Mesmo com uma boa sequência no returno – duas vitórias e dois empates – a arquibancada tem cobrado melhor futebol. Até o começo do ano, Winck treinava o Caxias, rival do Juventude, e conhece com o adversário – venceu os três duelos pelo Gaúchão e perdeu pelo Tigre no primeiro turno da Série B. O treinador projeta uma partida complicada, como as outras que teve na temporada.

O time gaúcho também vem embalado de uma boa vitória diante do Internacional, por 2 a 1. Para a partida, Gilmar Dal Pozzo não poderá contar com o atacante Ramon, que se machucou na última rodada, e com meia Juninho, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Depois de liderar o campeonato por sete rodadas (cinco seguidas), o time alviverde caiu de produção e tenta se recuperar.

Ficha técnica

Criciúma: Luiz; Diogo Mateus, Edson Borges, Diego Giaretta e Márcio Goiano; Jonatan Lima, Jocinei, Douglas Moreira, Jeferson; Silvinho e Lucão. Técnico: Luiz Carlos Winck.

Juventude: Matheus; Vidal, Domingues, Micael e Pará; Fahel, Lucas, Leílson e Wallacer; Wesley Natã e João Paulo. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Arbitragem: Cláudio Francisco Lima e Silva, auxiliado por Cleriston Clay Barreto Rios e Vaneide Vieira de Gois (trio do SE). 

Data e horário: nesta terça-feira, às 21h30min

Local: Heriberto Hülse, em Criciúma

Leia mais:
"Levamos um gol de bobeira", lamenta Dudu, após empate do Figueirense
Com o respaldo da diretoria do Avaí, Claudinei projeta permanência na série A e "trabalho melhor ainda"
Confira as últimas notícias do
Criciúma
Acesse a tabela da
Série B

Jornal de Santa Catarina
Busca