"É manter a mesma postura e jogar a pressão para o adversário", projeta Douglas, do Avaí - Esportes - Santa

Versão mobile

Série A06/09/2017 | 14h07Atualizada em 06/09/2017 | 18h51

"É manter a mesma postura e jogar a pressão para o adversário", projeta Douglas, do Avaí

Goleiro salienta que o time precisa saber aproveitar as oportunidades contra o Sport

"É manter a mesma postura e jogar a pressão para o adversário", projeta Douglas, do Avaí Betina Humeres/DC
Foto: Betina Humeres / DC
DC Esportes
DC Esportes

Com o grupo fechado na busca pela permanência na Série A do Campeonato Brasileiro, o Avaí vai tentar contra o Sport, às 16h de domingo, fora de casa, sair da zona de rebaixamento. Na coletiva de imprensa desta quarta-feira, o goleiro Douglas repetiu o que outros jogadores azurras já disseram: é preciso lutar jogo a jogo. 

— Eu pontuo novamente que temos procurado enfrentar cada jogo sem pensar nas possibilidades, sem olhar para o fim do campeonato. Precisamos manter o que fizemos nesses três primeiros jogos do returno e nos que tivemos sucesso fora de casa. É manter a mesma linha de trabalho, postura, personalidade, confiança, jogar a pressão para o adversário, saber aproveitar as oportunidades. Tivemos um tempo de descanso bom e maior até do que o do adversário — avaliou o goleiro. 

Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o zagueiro Alemão deve ser substituído por Airton. Douglas elogiou o companheiro de time e disse que entrosamento não vai faltar. O técnico Claudinei Oliveira ainda não confirmou quem jogará ao lado de Betão.  

— Futebol às vezes não tem lógica. Uma defesa sólida como a nossa, que vem se destacando, dificilmente se encontra em um time no Z-4 e, por isso, o futebol é apaixonante. Nossa defesa não se forma apenas na linha de quatro, temos um time muito comprometido, o pessoal tem uma consciência tática importante e isso tem ajudado a não sofrer gols, temos buscado o objetivo do grupo, não individual. Vamos manter isso, continuar incomodando os adversários, que eles entrem em campo sabendo que vai ser difícil fazer gol em um time que luta muito. Assumimos nossa identidade na competição e hoje ela é respeitada pelos números e pelo desempenho — ressaltou Douglas.        

Leia mais notícias sobre o Avaí 
Acesse a tabela da Série A do Brasileirão


Jornal de Santa Catarina
Busca