Fluminense quer expurgar trauma contra LDU na Copa Sul-Americana - Esportes - Santa

Versão mobile

Quito20/09/2017 | 17h19

Fluminense quer expurgar trauma contra LDU na Copa Sul-Americana

AFP
AFP

Com ligeira vantagem e vingança pendente, o Fluminense vai visitar a LDU de Quito, nesta quinta-feira, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Na partida de ida, o Tricolor venceu no Maracanã por 1 a 0. No entanto, a memória contra a equipe equatoriana não é das melhores fora de casa.

Nas visitas à capital do país em 2008, pela final da Libertadores, e em 2009, pela decisão da Sul-Americana, os anfitriões venceram a partida por goleada.

Adaptados ao ar mais rarefeito por conta da altitude de 2.850 metros, a LDU precisa vencer por dois gols de diferença para garantir a classificação. O empate classifica o time carioca, enquanto o placar por 1 a 0 para os equatorianos leva a partida para os pênaltis.

"A rivalidade é muito grande, é como um clássico por toda história que tem esse jogo", declarou o meia Junior Sornoza ao aterrizar em Quito.

O técnico Abel Braga não vai contar com os zagueiros Henrique e Renato Chaves, lesionados. O artilheiro Henrique Dourado também está fora, suspenso por acúmulo de cartões amarelos.

A responsabilidade vai ficar nas costas do camisa 10 Gustavo Scarpa, autor do gol da vitória na semana passada. Ao seu lado, o equatoriano Orejueda avaliou que o time precisa "aproveitas os espaços que o adversário deixar".

- Má fase -

Os donos da casa não atravessam bom momento no campeonato equatoriano. No entanto, querem se apoiar no histórico de glórias no Maracanã para avançar no torneio.

"Eles vêm com a mentalidade de fazer revanche e nos tirar do campeonato na nossa casa. Não queremos isso e vamos com tudo para passar de fase", comentou o volante Anderson Julio à rádio La Red.

O técnico Pablo Repetto indicou que "não está muito claro o que o rival pode apresentar. Nos guiamos pelo que fazem quando jogam como visitantes no campeonato local e com o que fizeram contra a Universidad Católica", explicou.

Conhecido do futebol brasileiro após passagem artilheira por Palmeiras e Grêmio, o argentino Hernán Barcos é uma das apostas para furar a defesa tricolor.

"Este jogo passa a ser mais importante pelo que significa a nível de América estar entre os oito" melhores da Copa Sul-americana, acrescentou Repetto. O treinador deixou claro que avançar na competição aumenta a moral da equipe para o restante da temporada.

Quem avançar vai encontrar o vencedor do duelo brasileiro entre Chapecoense e Flamengo. No primeiro jogo, as equipes empataram sem gols.

O trio de arbitragem que vai comandar o jogo vai ser totalmente argentino: o árbitro Fernando Rapallini vai estar acompanhado dos bandeirinhas Gabriel Chade e Ariel Scime.

- Escalações prováveis:

Liga de Quito:

Leonel Nazareno - John Narváez, Horacio Salaberry, Lucas De Lima, Aníbal Chalá - Anderson Julio, Javier Intriago, Alex Bolaños, José Francisco Cevallos - Jonathan Betancourt e Hernán Barcos.

Treinador: Pablo Repetto.

Fluminense:

Julio César - Lucas Marques, Wesley Frazan, Ygor Nogueira, Marlon - Jefferson Orejuela, Douglas, Wendel, Gustavo Scarpa - Wellington Silva e Pedro.

Treinador: Abel Braga.

* AFP

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteLewis Hamilton conquista pole do GP dos Estados Unidos de F1 https://t.co/Zz1nqWQhVp #LeiaNoSantahá 2 horas Retweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteNapoli empata com Inter e segue líder do Campeonato Italiano https://t.co/oGsL5jnc6O #LeiaNoSantahá 3 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros