Manchester City ameaça denunciar presidente da Liga espanhola - Esportes - Santa

Versão mobile

Londres07/09/2017 | 15h46

Manchester City ameaça denunciar presidente da Liga espanhola

AFP
AFP

O Manchester City ameaçou denunciar o presidente da Liga Espanhola, Javier Tebas, nesta quinta-feira, depois das acusações do mandatário sobre a tentativa do clube inglês tentar falsificar as contas através do acordo com o Girona.

"As declarações de Tebas são equivocadas e algumas partes pura ficção. O Manchester City e o City Football Group pediram a opinião dos conselheiros legais para atuar na sequência", indicou o City em comunicado.

No início da temporada, o clube inglês emprestou cinco atletas ao Girona, que acaba de chegar à primeira divisão. Depois, anunciou a compra da maioria das ações do time espanhol.

Segundo Tebas, estes jogadores foram sub-valorizados propositalmente. Perguntado sobre a intenção do City "falsificar as contas", expressão utilizada pelo presidente da Liga, o mandatário respondeu: "tentaram, mas não conseguiram".

O City possui 44,3% das ações do Girona, a mesma quantidade de Pere Guardiola, irmão do técnico dos Citizens Pep Guardiola.

Na quarta-feira, Tebas declarou que City e Paris Saint-Germain estão "destruindo o futebol" com os valores gastos na janela de transferências.

O clube da capital francesa é propriedade do fundo de investimento soberano do Catar. Já o inglês é o xeque Mansur, da família que governa os Emirados Árabes Unidos.

Em julho, Tebas acusou ambas equipes de "doping financeiro" e acrescentou que "riam" da Uefa e das regras do fair play financeiro.

A Uefa abriu investigação sobre as contratações do PSG, mas Tebas quer mais contundência: "meu objetivo é que exista uma ordem para acabar com essa situação, porque se não fizermos nada agora temos PSG e Manchester City, mas mais a frente vai ser um xeque do Bahrein ou um empresário malásio que deformarão o setor".

Os Citizens gastaram 242 milhões de euros nesta janela de transferências. O PSG colocou fogo no mercado após pagar a cláusula de rescisão de Neymar no Barcelona por 222 milhões de euros, além de fechar com Kylian Mbappé por empréstimo com opção de compra no valor de 180 milhões.

* AFP

Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsportePedro Castro destaca parceria com Simião no meio de campo do Avaí: "Estamos bem entrosados" https://t.co/PmGPpK2MSS #LeiaNoSantahá 36 minutosRetweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteArsenal vence West Brom com dois gols de Lacazette https://t.co/zUglbeUqqF #LeiaNoSantahá 47 minutosRetweet
Jornal de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros