Novo técnico do JEC terá no clube a mesma missão realizada no Brasil-RS - Esportes - Santa

Versão mobile

Futebol13/09/2017 | 21h06Atualizada em 13/09/2017 | 21h09

Novo técnico do JEC terá no clube a mesma missão realizada no Brasil-RS

Rogério Zimmermann foi confirmado pelo Tricolor nesta quarta-feira e assume a equipe na tarde de quinta. Veja os números do comandante nos cinco anos no Rio Grande do Sul

Novo técnico do JEC terá no clube a mesma missão realizada no Brasil-RS Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Rogério Zimmermann, gaúcho de 52 anos, terá no Joinville a mesma missão que conseguiu cumprir com grande êxito no Brasil-RS. O treinador, confirmado pela direção do JEC como o novo técnico nesta quarta,  inicia seus trabalhos a partir desta quinta, logo depois da entrevista coletiva, marcada para as 14h30, no CT do Morro do Meio.

Em Pelotas, ele virou ídolo da torcida do Brasil-RS nos últimos cinco anos. Desde a sua chegada, o clube teve uma grande transformação, deixando a Segunda Divisão gaúcha para brigar com os tradicionais Grêmio e Inter.

Leia as últimas notas de Elton Carvalho  
Confira as últimas notícias do esporte 

No cenário nacional, Rogério Zimmermann tirou o rótulo de clube “fora de série” do Brasil-RS. Com acessos consecutivos em 2014 e 2015, pulou da Série D para a Série B, posição ocupada pelo clube até o momento.

Se somarmos as passagens anteriores do treinador pelo Brasil-RS, são mais de 400 jogos, com 188 vitórias, 128 empates e 92 derrotas, um aproveitamento de 56,53% dos pontos.

Segundo o jornalista Sergio Cabral, do Jornal Diário Popular, Rogério Zimmermann é um grande vencedor do clube.

– Se fizessem um busto por todas as conquistas que ele teve aqui, não seria nenhum exagero – definiu o jornalista.

Os cinco anos de lua de mel com a torcida xavante só terminaram em razão dos maus resultados na atual temporada. O Brasil-RS só não foi rebaixado à Segunda Divisão gaúcha porque o Ypiranga, concorrente direto, tropeçou na última rodada — empate por 0 a 0 com o Caxias. O desgaste aumentou após o começo ruim na Série B do Brasileiro.

O aproveitamento, que chegou a ser de 62% em 2013, caiu para míseros 35% neste ano. Sem emprego, acertou com o JEC graças ao bom relacionamento dele com o gerente de futebol do Tricolor, Carlos Kila. No começo dos anos 2000, eles trabalharam juntos no Grêmio e mantiveram a amizade até os dias de hoje. 

O raio x do novo técnico do JEC
“AN” traz os números oficiais de Rogério Zimmermann em toda a história no Brasil-RS e a análise dos principais resultados de 2012 a 2017

Geral - Na história do Brasil-RS
Números  
408 jogos
188 vitórias  
128 empates  
92 derrotas  
576 gols Pró  
347 gols Contra
56,53% de aproveitamento

Análise AN (2012 a 2017)
Números  
230 jogos
91 vitórias
78 empates
61 derrotas
279 gols pró
213 gols contra
62 jogos não marcou gol (26% dos jogos)
90 jogos não sofreu gol  (39% dos jogos)
50,86% de aproveitamento

2012 - Copa FGF, Série D e Campeonato Gaúcho da Série B
Vice-campeão da Copa FGF
Números
36 jogos
15 vitórias
13 empates
8 derrotas
51 gols pró
33 gols contra
9 jogos não marcou gol (25% dos jogos)
15 jogos não sofreu gol (41% dos jogos)
53,70% de aproveitamento

2013 - Copa FGF, Copa do Brasil e Campeonato Gaúcho da Série B
Campeão do Campeonato Gaúcho da Série B
*Números
32 jogos
17 vitórias
9 empates
6 derrotas
45 gols pró
20 gols contra
10 jogos não marcou gol (31% dos jogos)
19 jogos não sofreu gol (59% dos jogos)
62,50% de aproveitamento
*Não contabilizados oito amistosos e 18 jogos da Copa Sul-Fronteira

2014 - Campeonato Gaúcho, Copa FGF e Série D
Campeão do Interior, Vice-campeonato da Série D
*Números
37 jogos
18 vitórias
12 empates
7 derrotas
43 gols pró
20 gols contra
10 jogos não marcou gol (27% dos jogos)
21 não sofreu gol (56% dos jogos)
59,45% de aproveitamento
*Não contabilizados seis amistosos

2015 - Campeonato Gaúcho, Série C e Copa do Brasil
Campeão do Interior, quarto lugar da Série C
*Números
42 jogos
16 vitórias
17 empates
9 derrotas
54 gols pró
38 gols contra
10 jogos não marcou gol (23% dos jogos)
16 jogos não sofreu gol (38% dos jogos)
51,58% de aproveitamento
*Não contabilizados sete amistosos

2016 - Campeonato Gaúcho, Série B e Copa do Brasil
*Números
54 jogos
17 vitórias
20 empates
17 derrotas
56 gols pró
61 gols contra
14 jogos não marcou gol (25% dos jogos)
13 jogos não sofreu gol (24% dos jogos)
43,82% de aproveitamento
*Não contabilizados quatro amistosos e dois jogos do Torneio da Longevidade

2017 - Campeonato Gaúcho, Série B e Primeira Liga
*Números
29 jogos
8 vitórias
7 empates
14 derrotas
30 gols pró
41 gols contra
9 jogos não marcou gol (31% dos jogos)
6 jogos não sofreu gol (20% dos jogos)
35,63% de aproveitamento
*Não contabilizados cinco amistosos

Jornal de Santa Catarina
Busca