Presidente da Chapecoense diz que não tem pressa para anunciar novo técnico  - Esportes - Santa

Versão mobile

Série A12/09/2017 | 10h40Atualizada em 12/09/2017 | 10h40

Presidente da Chapecoense diz que não tem pressa para anunciar novo técnico 

Plínio David De Nes e o ex-treinador Vinícius Eutrópio falaram na manhã desta terça-feira na Arena Condá


 Treino da Chapecoense, na foto o técnico Vinicius Eutrópio
Vinícius Eutrópio teve aproveitamento de apenas 31,3% em 14 jogos oficiais pelo VerdãoFoto: Sirli Freitas / Chapecoense

A demissão de Vinícius Eutrópio foi tomada em consenso e a diretora da Chapecoense não tem pressa em anunciar o novo técnico. 

- Vamos trabalhar com os pés no chão para fazer a contratação ideal, não tem prazo - disse o presidente Plínio David De Nes Filho, em entrevsita coletiva na manhã desta terça-feira, na Arena Condá.

Entre os nomes cogitados estão Eduardo Baptista, Jorginho, Argel Fucks, Milton Mendes, Enderson Moreira e Luiz Carlos Zago.

Plínio de Nês disse que as decisões na Chapecoense não são tomadas de forma ditatorial como alguns vem dizendo mas sim em forma de consenso pela diretoria executiva.

Enquanto a Chapecoense busca um novo técnico o interino Emerson Cris comanda o grupo.

O técnico demitido, Vinícius Eutrópio, ressaltou a o clima de amizade com a diretoria, embora não esperasse ser afastado.

- Não pensei que sairia pelo que está sendo feito, as coisas vinham acontecendo, tenho certeza que as coisas vão dar certo, eu sai o mas meu trabalho continua, vou continuar torcendo pela Chapecoense - disse Vinícius Eutrópio.

O treinador afirmou que pegou uma fase de reconstrução do time, com saídas de jogadores como Rossi e Girotto e a contratação de sete novos jogadores.

Ele afirmou que o time voltou a tomar menos gols e apresentou bom volume de jogo, mas não consegui o resultado. Citou a derrota por 2 a 1 para o Cruzeiro, em que o goleiro adversário fez defesas decisivas para evitar a derrota.

Eutrópio acredita que a Chapecoense não vai cair pois o novo treinador vai encontrar um trabalho que foi realizado e com 40 jogadores à disposição.


Campanha de Eutrópio:

Jogos oficiais: 15 (12 pelo Brasileirão, Troféu Joan Gamper com o Barcelona, um pela Sul-Americana e um pela Copa Suruga)

Vitórias: 4 (três no Brasileirão e um na Sul-Americana)

Empates: 2 (ambos no Brasileirão)

Derrotas: 9 (sete no Brasileirão e uma na Suruga)

Aproveitamento: 31,1%

Situação: Pegou o time na 15ª colocação no Brasileiro, com 14 pontos e deixou em 18º, com 25. Na Sul-Americana reverteu a derrota por 1 a 0 contra o Defensa Y Justicia e classificou nos pênaltis.

OBS: Sem contar o amistoso com a Roma e o jogo treino contra o Lyon.

Leia mais informações sobre a Chapecoense
Acesse a tabela da
Série A do Brasileirão

Jornal de Santa Catarina
Busca