Alan Shearer se preocupa com possíveis danos cerebrais - Esportes - Santa

Versão mobile

Londres08/11/2017 | 14h40

Alan Shearer se preocupa com possíveis danos cerebrais

AFP
AFP

Lendário atacante do Newcastle e da seleção da Inglaterra, Alan Shearer confessou nesta quarta-feira, depois de realizar exames no cérebro, que teme por sua saúde por ter cabeçado muito a bola durante a carreira

"Os resultados dos exames são preocupantes. Minha memória é horrível, não sei se é porque não escuto, mas realmente tenho uma memória muito fraca", declarou o ex-atacante de 47 anos ao jornal Daily Mirror.

"Quando você vira um jogador profissional, se espera ter problemas nas costas, joelhos ou tornozelos. Mas jamais pensei que o futebol estaria ligado a doenças cerebrais", acrescentou.

"As autoridades do futebol se mostraram reticentes em buscar respostas" a esse problema, indicou o jogador. Shearer marcou 260 gols em 18 temporadas na Premier League.

"Por cada gol que fiz de cabeça, marquei mil nos treinamentos. Isso me coloca em risco de que exista um vínculo", entre as cabeçadas e os danos cerebrais, indicou.

"É um esporte difícil, brilhante, mas é preciso estarmos certos de que seja um jogo que não mate", disse.

Em fevereiro deste ano, um estudo realizado pela University College London Hospital e pelo Hospital britânico de neurologia e neurocirurgia demonstrou os riscos que jogadores de futebol têm em contrair doenças neurológicas que provoquem demência.

Em setembro de 2016, um estudo da universidade escocesa de Stirling mostrou que a cabeçada em jogos de futebol poderia ter impacto significativo nas funções de memória e do cérebro.

* AFP

Jornal de Santa Catarina
Busca