Alto risco: Avaí não pode mais perder se quiser evitar o rebaixamento - Esportes - Santa

Versão mobile

Série A13/11/2017 | 08h15Atualizada em 13/11/2017 | 08h15

Alto risco: Avaí não pode mais perder se quiser evitar o rebaixamento

Derrota para o líder aumentou a pressão em cima do Leão

Alto risco: Avaí não pode mais perder se quiser evitar o rebaixamento Daniel Augusto/Agência Corinthians
Kazim fez o gol do Timão no último sábado Foto: Daniel Augusto / Agência Corinthians
DC Esportes
DC Esportes

A derrota para o líder Corinthians, no sábado, escancarou a dificuldade que o Avaí terá na reta final da Série A do Campeonato Brasileiro. Se a situação já era complicada, o revés por 1 a 0 para o time paulista, na Arena Itaquera, deixou o cenário mais duro, já que o Leão não pode perder uma partida sequer se quiser manter as esperanças de continuar na elite.

Estacionado nos 35 pontos conquistados, o Avaí chegaria, no máximo, aos 47 se vencer os quatro confrontos que tem pela frente, diante de Cruzeiro (F), Palmeiras (C), Atlético-PR (C) e Santos (F). Caso perca um desses jogo, a pontuação máxima a atingir será de 44 pontos – número que, no momento, representa risco de rebaixamento de cerca de 50%, de acordo com o Departamento de Matemática da UFMG, especialista em cálculos no futebol.

O cenário fica ainda mais complicado em cada ponto a menos na equação: 43 (76% de risco de cair), 42 (92%), 41 (98%). O primeiro compromisso com obrigação de vitória é na quarta-feira. Às 19h30min, o Leão vai ao Estádio do Mineirão para enfrentar o Cruzeiro.

Leia mais notícias sobre o Avaí
Confira a tabela da
Série A do Brasileiro
Fique ligado nas colunas anteriores da
Paixão Azurra  


Siga SantaEsporte no Twitter

  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteDesempenho no comando do Figueirense pesa para a permanência de Milton Cruz  https://t.co/0ovbfGbB2h #LeiaNoSantahá 4 horas Retweet
  • SantaEsporte

    SantaEsporte

    SantaEsporteMaicon usa bagagem de grandes jogos para ajudar o Avaí a vencer o Palmeiras https://t.co/jUnAgVHWqI #LeiaNoSantahá 5 horas Retweet
Jornal de Santa Catarina
Busca